conecte-se conosco


Policial

Parceria entre produtores e a PM de Ribeirão Cascalheira garante mais agilidade no atendimento de ocorrências

Publicado

O Sindicato Rural de Ribeirão Cascalheira anunciou oficialmente o início do Patrulhamento Rural Georreferenciado no município. A iniciativa é uma parceria entre o sindicato rural, Polícia Militar e produtores rurais. Após uma reunião de alinhamento na terça-feira (23/02), entre o presidente do Sindicato Rural de Ribeirão Cascalheira, Eduardo Correia, e o comandante do 1º Pelotão de Polícia Militar de Ribeirão Cascalheira, tenente Diogo de Oliveira Pimenta, ficou definido o inicio do cadastramento das propriedades rurais a partir do dia 1º de março deste ano.

“Esta é mais uma ação importante para a segurança nas propriedades rurais do município e região”, assegurou Correia. O primeiro passo será o mapeamento e cadastramento das fazendas. Segundo ele, o patrulhamento e o policiamento nas áreas rurais vão aproximar o homem do campo da segurança pública, mais especificamente da Polícia Militar de Ribeirão Cascalheira.

No cadastramento devem conter dados das fazendas que serão inseridos em um sistema. Com as informações, a Polícia Militar terá mais agilidade no atendimento de ocorrências, já que terão coordenadas específicas do local e a rota exata da propriedade em caso de deslocamento.

O projeto é resultado da união do sindicato com os produtores rurais e a PM. Devido a falta de recursos, um grupo de vinte produtores rurais e o sindicato rural se uniram para custear as diárias do efetivo. Para fortalecer a iniciativa, o Estado cedeu uma viatura e deve custear o combustível. O recurso rateado entre os produtores e a entidade sindical será administrado pela diretoria do sindicato e repassado para o Conselho Comunitário de Segurança (Conseg) que ficará responsável pelo pagamento das diárias dos policiais.

Para Eduardo Correia os principais ganhos do Patrulhamento Rural na segurança pública serão o monitoramento e a agilidade no atendimento de ocorrências nas propriedades. O presidente ainda reforçou a importância do produtor e dos funcionários das fazendas fazerem a comunicação dos casos de roubos e furtos e movimentações suspeitas na região.

 

Água News

Comentários Facebook
publicidade

Policial

Servidor da Prefeitura teria desviado R$ 35 mil em pneus para pagar por carro de luxo em Barra do Garças

Publicado

A Polícia Civil tem evidências do desvio de pelo menos 12 pneus novos que foram repassados a um comerciante como parte do pagamento na aquisição de um Audi A4

A Polícia Civil descobriu que pneus adquiridos para serem utilizados nas frotas da Secretaria Municipal de Urbanismo da Prefeitura de Barra do Garças, foram desviados nos meses de novembro e dezembro do ano passado por um funcionário comissionado da Secretaria do Meio Ambiente, que ocupava o cargo de Diretor de Divisão de Frotas.

Até o momento a polícia afirma ter evidências do desvio de pelo menos 12 pneus novos que seriam utilizados em caminhões e retroescavadeiras, o que ocasionou um prejuízo de aproximadamente R$ 35 mil aos cofres do município.

Segundo o Delegado Wilyney Santana Borges, o atual prefeito de Barra do Garças, Adilson Gonçalves (PSD), registrou no dia 22 de janeiro deste ano, um boletim de ocorrência na Polícia Civil noticiando a suspeita dos desvios. A partir daí, várias diligências foram realizadas, e o suspeito acabou confessando o crime.

O ex-funcionário afirmou aos investigadores que os pneus desviados por ele foram repassados a um comerciante como parte do pagamento na aquisição de um veículo de luxo, da marca Audi A4, modelo de 2011.

De acordo com o delegado Wilyney, o suspeito da venda dos pneus deverá responder ação penal pelo crime de peculato, uma vez que na época dos desvios, ele era funcionário público e o comerciante que recebeu os pneus desviados, em troca de pagamento, responderá pelo crime de receptação.

A Polícia Civil irá continuar as investigações para saber se havia a conivência e ou a participação de outros servidores públicos municipais nos desvios dos pneus.

Semana 7

(Com informações da Polícia Civil)

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Dois homens são presos com quase 1 tonelada de maconha escondida fundo falso de caminhão, em Aragarças

Publicado

Força-tarefa das polícias Militar, Civil e Rodoviária Federal informou que é uma das maiores apreensões de drogas neste ano em Goiás. Policiais encontraram ainda 2 kg de uma maconha nova no mercado, mais cara e mais processada do que o skunk.

Uma força-tarefa das polícias Militar, Civil e Rodoviária Federal (PRF) apreendeu quase 1 tonelada de maconha em um fundo falso de um caminhão próprio de transporte de carga viva, em Aragarças, no sudoeste do estado, na madruga de domingo (21). Os policiais encontraram ainda dois quilos de uma maconha nova no mercado, mais cara e mais processada do que o skunk.

Os dois homens, que estavam no caminhão, foram presos. Segundo um policial integrante da força-tarefa, eles têm passagem por tráfico de drogas. Como a polícia não revelou a identidade dos suspeitos, o G1 não localizou a defesa deles para que se manifestem.

O policial contou que a equipe apreendeu também um novo tipo de maconha, que não tinha sido vista ainda em circulação em Goiás. A droga, segundo o policial, é mais forte e mais cara que o skunk. Esta foi uma das apreensões de maior quantidade de droga neste ano, de acordo com as corporações.

“Junto com a maconha, tinha mais tabletes dessa droga nova no mercado, que nós não tínhamos visto ainda. Monitoramos os suspeitos porque sabíamos que eles iam buscar uma grande quantidade de droga”, revelou o policial.

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Adolescente é assassinado e pai de santo baleado em centro de umbanda em MT

Publicado

Caminhoneiro suspeito do crime era contra o filho de 13 anos frequentar o local, segundo a polícia.

Um adolescente de 17 anos foi assassinado a tiros e um pai de santo baleado em um centro de umbanda de Rondonópolis, nesse domingo (14). O pai de outro frequentador do local é o suspeito do crime.

O pai de santo está internado na Santa Casa do município. A motivação está sendo investigada pela Polícia Civil, entre elas a hipótese de intolerância religiosa.

O suspeito do crime entrou no local para buscar o filho de 13 anos, que estava no local, e atirou nas vítimas.

“O pai não aceitava que o filho seguisse aquela doutrina religiosa, que assim o suspeito foi até o local e desferiu vários tiros, finalizando com a morte da vítima”, diz trecho do boletim de ocorrência registrado pela Polícia Civil.

O suspeito, que é caminhoneiro, fugiu logo depois e até a publicação desta reportagem não havia sido localizado.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado e constatou a morte do rapaz.

O pai de santo, de 21 anos, está aguardando por uma cirurgia.

Após ter efetuado os disparos o suspeito fugiu do local e ainda não foi encontrado.

Comentários Facebook
Continue lendo

Nova Xavantina

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana