conecte-se conosco


Policia Federal

PF combate desvio de recursos públicos do transporte escolar em RR

Publicado

Boa Vista/RR – A Polícia Federal deflagrou nesta sexta-feira (14/12) a Operação Zaragata, que tem o objetivo de desarticular organização criminosa envolvida em desvios de recursos públicos e cobrança de propinas nos serviços de transporte escolar em Roraima. A PF, com apoio da CGU, cumpre 10 mandados de prisão preventiva e 12 mandados de busca e apreensão no município de Boa Vista-RR. Os mandados foram expedidos pela 1ª Vara Federal do Estado de Roraima, após representação da PF pelas medidas.

O inquérito policial foi instaurado em agosto deste ano, com objetivo de apurar supostas irregularidades cometidas em contratação do governo de Roraima com recursos do FUNDEB por meio de dispensa de licitação emergencial. As investigações indicam a existência de vários esquemas envolvendo o transporte escolar do estado, como a cobrança de propina de empresas responsáveis pelo transporte, que eram obrigadas a pagar valores entre 10% a 15% das faturas para conseguir receber o pagamento devido pelo governo. A organização criminosa também falsificava documentos de prestação de serviços que não eram, de fato, realizados, bem como também fraudava procedimentos licitatórios.

A Controladoria-Geral da União indicou, por meio de notas técnicas, diversos indícios de irregularidades em contratos de transporte escolar do governo. Em um contrato do estado, cujos valores ultrapassam R$ 78 milhões, só no ano de 2018, a CGU aponta que os pagamentos indevidos poderiam chegar a quase R$ 50 milhões. Em alguns casos, certa empresa era contratada para fazer rotas de transporte já prestadas por outra empresa, a qual efetivamente prestava o serviço; ou, ainda, uma mesma empresa era contratada várias vezes para a mesma rota, recebendo vários pagamentos por uma mesma prestação. O esquema contava com a participação de agentes públicos e políticos, os quais também são alvos das medidas que estão sendo cumpridas.

As investigações contaram com o apoio do Ministério Público Federal, da Controladoria-Geral da União e do Ministério Público Estadual de Roraima.

O nome da operação faz alusão ao estado de desordem em que se encontra tanto a prestação dos serviços de transporte quanto os próprios contratos públicos.

 

Comunicação Social da Polícia Federal em Roraima

[email protected]

Contato: (95)3261-1500

Comentários Facebook
publicidade

Policia Federal

PF combate o crime de moeda falsa em Minas Gerais

Publicado


.

Belo Horizonte/MG – Nesta quinta-feira (30/4), a Polícia Federal, em conjunto com as Polícias Civil e Militar de Minas Gerais, prendeu em flagrante um casal pelo crime de moeda falsa em Martinho Campos.

O casal foi preso em casa, no bairro Lagoa dos Buritis, quando a esposa recebeu encomenda dos Correios, contendo as notas. O homem tem 26 anos, a mulher tem 29 anos. Ambos são autônomos. Com eles, foram apreendidos mil reais em cédulas falsas, um aparelho celular, além de dois rádios comunicadores.

Se condenado, o casal poderá cumprir até 12 anos de reclusão pelo crime de moeda falsa. Os presos foram encaminhados para o Presídio Regional Pio Canedo em Pará de Minas/MG.

Seguindo todos os protocolos de cuidados do Ministério da Saúde em face da pandemia do Covid-19, a Polícia Federal continua trabalhando para a manutenção da lei e da ordem, preservando o estado democrático de direito.

 

Comunicação Social da Polícia Federal em Minas Gerais
[email protected]f.gov.br | www.pf.gov.br
Contato: (31) 3330-5270

Fonte:

Comentários Facebook
Continue lendo

Policia Federal

PRF prende motorista com documento falso em Água Boa

Publicado

Na tarde de quinta-feira (05), a equipe da PRF (Polícia Rodoviária Federal) que fiscalizava na BR-158, em Água Boa (MT), abordou a carreta SCANIA/T113 H 4X2, com placas de Tangará de Serra-MT.

O condutor, um homem de 66 anos, apresentou CNH de categoria E. Nesta categoria, os condutores são habilitados a conduzirem veículos das categorias B, C, ou D, podendo possuir unidade acoplada com mais de 6000 Kg de peso bruto total, com mais de 8 lugares ou combinação com mais de uma unidade tracionada, independente do peso.

Após consulta aos sistemas, verificou-se que o condutor possuía habilitação, somente na categoria B.

O motorista foi encaminhado a Polícia Civil de Água Boa e o veículo encaminhado para o pátio da empresa contratada.

Fonte Agua Boa News

Comentários Facebook
Continue lendo

Policia Federal

PF prende foragido internacional em Santo Antônio do Sudoeste/PR

Publicado

Foz do Iguaçu/PR – Após dias de vigilância continua na fronteira, foi preso nesta segunda-feira (3/2), em Santo Antônio do Sudoeste/PR, o empresário argentino apontado em investigações da Polícia Federal, como o maior distribuidor de lança perfume da fronteira entre Brasil e Argentina. Foragido com mandado de prisão expedido pela Vara Criminal de Francisco Beltrão/PR pelos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico, ele era procurado há mais de 10 anos e foi preso ao adentrar ao território brasileiro na manhã de hoje em ação conjunta da Policia Federal, Polícia Militar e Força Nacional.

O homem responde a vários processos criminais pelo crime de tráfico de drogas em razão da suspeita de ser o responsável pelo envio de grandes quantidades de lança perfume da Argentina para o Brasil nos últimos 15 anos, sempre pela região de Santo Antônio do Sudoeste/PR, chegando a ser apelidado por criminosos como “Rei do Lança”.

Além do cumprimento do mandado de prisão, foi apreendido com o foragido uma camionete do ano de 2019, 50 mil pesos argentinos e R$ 2 mil.

O preso e o material apreendido foram encaminhados à Delegacia de Polícia de Santo Antônio do Sudoeste/PR, onde ficará à disposição do Poder Judiciário.

Sua captura foi resultado da ação conjunta da Polícia Federal, Polícia Militar e Força Nacional no enfrentamento à criminalidade na fronteira Sudoeste paranaense com a Argentina.

 

Comunicação Social da Polícia Federal em Foz do Iguaçu
Contato: (45) 3576-5515

Comentários Facebook
Continue lendo

Nova Xavantina

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana