conecte-se conosco


Policia Federal

PF combate fraudes a programa Fome Zero em cidades do Mato Grosso do Sul

Publicado

Campo Grande/MS – A Polícia Federal, em parceria com a Controladoria Geral da União, deflagrou nesta quarta-feira (9/10) a Operação Pesticida, para investigar a ocorrência de fraudes no PAA – Programa de Aquisição de Alimentos da Ação de Compra Direta da Agricultura Familiar com Doação Simultânea, oriundo o programa FOME ZERO do Governo Federal. 

O programa busca ser um instrumento de políticas públicas de garantia de renda e de apoio à comercialização de alimentos produzidos pelos agricultores familiares, assentados e povos e comunidades tradicionais, ao passo em que oportuniza a aquisição dos produtos agrícolas por eles produzidos e a destinação a entidades de assistência a pessoas em situação de vulnerabilidade alimentar (creches, escolas, igrejas, dentre outras).

Estão sendo cumpridos cinco mandados de busca e apreensão em Campo Grande, Corumbá, Terenos, Bodoquena e Caracol, além da realização de oitivas simultâneas de seis testemunhas. Também foram determinadas nove ordens de afastamento de funções de agentes públicos. A ação conta com a participação de aproximadamente 70 policiais federais.

Os atos fraudulentos teriam ocorrido entre os anos de 2011 e 2016, com envolvimento de representantes de cooperativas ou associações sediadas nos municípios sul-mato-grossenses de Terenos, Bodoquena, Caracol e Jardim, de servidores públicos, além de representantes municipais do PAA em Corumbá/MS.

A PF e a CGU verificaram casos de cadastramentos no programa em nomes de produtores que desconheciam o fato ou lastreados em propriedades rurais que não tinham capacidade produtiva. Também foram descobertos simulação na entrega de produtos às associações/cooperativas e delas para as entidades destinatárias dos alimentos, obtendo-a liberação de valores correspondentes à aquisição de produtos não entregues. O esquema contaria com a participação e conivência de agentes públicos.

COLETIVA DE IMPRENSA – A coordenação da OPERAÇÃO ‘PESTICIDA’ estará recebendo os jornalistas para uma entrevista coletiva no AUDITÓRIO da sede da PF/MS, às 10h.

 

Comentários Facebook
publicidade

Policia Federal

PF deflagra 2ª fase da operação Carrossel para investigar roubos em agências dos Correios

Publicado


.

João Pessoa/PB – Hoje (2/6), a Polícia Federal, em continuidade às diligências iniciadas na sexta-feira (29/5), deu cumprimento a mais mandados de prisão e de busca e apreensão relacionados à Operação Carrossel, na Paraíba.

As ações policiais de hoje ocorreram exclusivamente no Rio Grande do Norte, dando-se cumprimento a um mandado de busca e apreensão na cidade de Extremoz/RN e a dois mandados de prisão preventiva para um suspeito custodiado na Cadeia Pública de Ceará-Mirim/RN.

As ordens judiciais de prisão foram expedidas em razão da atuação do detento nos roubos à mão armada contra as agências dos Correios de Soledade/PB, em outubro de 2019, e Taperoá/PB, em janeiro deste ano. Seu comparsa já havia sido preso na cidade de Mossoró/RN, em 29.05.2020, acusado dos mesmos crimes e, ainda, de um segundo roubo à agência dos Correios de Taperoá/PB, em 31.01.2020.

No total, somando-se as diligências ocorridas em ambas as datas (29.05.2020 e 02.06.2020), a Polícia Federal procedeu a buscas em seis endereços nas cidades de Mossoró/RN, João Pessoa/PB e, agora, Extremoz/RN, bem como deu cumprimento a cinco mandados de prisão para dois indivíduos (três, para um; dois, para outro) pelos crimes mencionados.

A participação dos criminosos em outros delitos de mesma natureza (roubos à mão armada contra agências dos Correios) continua sendo apurada e não se descarta a solicitação de novas medidas judiciais pela Polícia Federal.

 

Comunicação Social da Polícia Federal na Paraíba
Telefone: (83) 3565-8510

Comentários Facebook
Continue lendo

Policia Federal

PF prende falso médico que atuava nem hospital do interior de São Paulo

Publicado


.

Guarulhos/SP – A Polícia Federal prendeu na noite do domingo (31/5) um brasileiro que atuava como médico, usando documentos de um colombiano que já exerceu a profissão no país.

A PF recebeu informações de médicos, que trabalham em um hospital da baixada santista, acerca das desconfianças sobre as atitudes e prescrições feitas por um colega de trabalho que atuava no atendimento a vítimas do novo covid-19.

Os policiais realizaram pesquisas em fontes abertas da Colômbia e Brasil e obtiveram sucesso em contatar o verdadeiro médico, que se encontra naquele país e já havia feito boletim de ocorrência pelo furto de seus documentos.

De posse das informações e com o apoio da Polícia Militar, foi realizada diligência junto ao hospital em que o falso médico atuava resultando na prisão do indivíduo. Após a prisão do homem, que esboçou tentativa de evasão, e feita a sua identificação, os policiais federais descobriram que o mesmo já havia sido preso por atuar como professor de direito sem a devida habilitação. O homem, por meio de documentos falsos, havia obtido os registros legais que o habilitavam para o exercício da medicina. O preso foi entregue à Polícia Civil da região onde o caso foi registrado.

O suspeito foi indiciado e responderá pelos crimes de exercício ilegal da função de Medicina e falsidade ideológica.

 

Comunicação Social da Polícia Federal em Guarulhos 

Contato: (11) 2445-7969

Comentários Facebook
Continue lendo

Policia Federal

PF entregou cerca de 2 toneladas de alimentos à comunidade carente no Ceará

Publicado


.

Fortaleza/CE- A Polícia Federal realizou nesta terça-feira (2/6), na sede da PF no Ceará, a entrega de 200 cestas básicas, cerca de 2 toneladas de alimentos. A ação faz parte da Campanha PF Solidária, que teve por objetivo arrecadar alimentos e material de limpeza para famílias de vulnerabilidade social.

A doação foi entregue à comunidade Aldacir Barbosa, vizinha à Superintendência Regional da PF no Ceará, onde o Grupo de Prevenção ao uso Indevido de Drogas-GPRED realiza ações de inclusão social.

A campanha foi promovida pelos servidores e colaboradores, com o apoio das entidades de classe, para auxiliar as famílias que necessitam de ajuda para a manutenção dos seus lares, em razão da pandemia do novo Coronavírus.

Essa é a segunda entrega de donativos feita pela Policia Federal no Ceará. Em 22 de abril, a Comunidade Planalto Universo (CARANDIRU) recebeu 200 cestas básica de alimentos (2 toneladas).

 

Comunicação Social da Polícia Federal no Ceará
Contato: (85) 3392-4867/9.8970-0624

Comentários Facebook
Continue lendo

Nova Xavantina

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana