conecte-se conosco


Policia Federal

PF, no âmbito da Operação Hórus, realizam nova apreensão de dois veículos e um caminhão carregados com cigarros paraguaios

Publicado


Guaíra/PR – Neste sábado, dia 17/10, durante patrulhamento de rotina em área rural de Guaíra, equipe policial composta pela PF e PMPR – COBRA/BPFRON e COE/BOPE – percebeu movimentação suspeita em zona rural da região e decidiu efetuar aproximação para averiguar melhor tal situação.

Ao chegar no local, verificou se tratar de carregamento ilícito oriundo do Paraguai. Na tentativa de abordagem, os suspeitos fugiram em meio à mata fechada da região, abandonando carregamento ilícito e veículos.

No local foram apreendidos um caminhão e duas pick-up,  com carregamento total de 120 caixas de cigarros paraguaios.

Os materiais apreendidos foram encaminhados à Delegacia de Polícia Federal de Guaíra para os procedimentos de praxe.

Fazem parte do Programa V.I.G.I.A. e desta operação interagências equipes da POLÍCIA FEDERAL, COBRA/BPFRON e COE/BOPE da PMPR, TIGRE e GOA da PCPR, BOPE/PMMS, FORÇA NACIONAL e pelo EXÉRCITO BRASILEIRO, com apoio da SEOPI – Secretaria de Operações Integradas/MJSP.

 

 

Comunicação Social da Polícia Federal em Guaíra/PR

Disque denúncia: (44) 3642-9131

 

Comentários Facebook
publicidade

Policia Federal

PF incinera mais de 2 toneladas de drogas

Publicado


Santos/SP – A Polícia Federal realizou a incineração, nesta quarta-feira (21/10), de mais de 2 toneladas de drogas (2.254 kg de cocaína), resultado da apreensão no Porto de Santos, somente neste segundo semestre. No ano de 2020, já foram apreendidos 16.148 kg de cocaína no porto.

O trabalho para incineração e completa destruição da droga é precedido de prévia autorização judicial, com base na Lei Antitóxicos (Lei n. 11.343/2006), e é realizado periodicamente com o apoio de indústria local. A droga é inserida pelos agentes num forno industrial de altíssima temperatura, sendo imediatamente destruída pelas chamas e pelo calor provocado, num processo químico devidamente seguro e obediente às regras do meio ambiente.

Para a segurança da operação, é necessário o envolvimento de vários policiais e viaturas ostensivas, inclusive de caminhão da PF para condução do material a ser destruído.

 

Comunicação Social da Polícia Federal em São Paulo

Contato: (11) 3538-5013
E-mail: [email protected]

Comentários Facebook
Continue lendo

Policia Federal

PF realiza operação para apurar crime ambiental no pantanal sul mato-grossense

Publicado


CAMPO GRANDE/MS – A Polícia Federal deflagrou na manhã desta quarta-feira (21/10/2020) a Operação CEUCI, que investiga a ocorrência de crimes ambientais e invasão de terras da União, em áreas da Reserva Indígena KADIWEU no Estado do Mato Grosso do Sul.

Em continuidade às investigações, estão sendo cumpridos 30 Mandados de Busca e Apreensão expedidos, pela 5ª Vara da Justiça Federal de Campo Grande, nas cidades de Miranda/MS, Bodoquena/MS e Campo Grande/MS, com o emprego de aproximadamente 110 Policiais Federais.

A ação na data de hoje conta ainda com o apoio do Exército Brasileiro, através da disponibilização de aeronaves, e de servidores do IBAMA.

A investigação teve início em junho de 2019 e visa apurar a ocupação e exploração de áreas indígenas além de crimes ambientais decorrentes de desmatamento.

Com o cumprimento dos mandados de busca e apreensão, a Polícia Federal pretende identificar os ocupantes das referidas áreas, bem como eventuais atividades econômicas desenvolvidas e a existência de danos ambientais.

A Polícia Federal ressalta que, em razão da situação de pandemia da COVID-19, foi planejada uma logística especial de prevenção ao contágio, com distribuição de EPIs a todos os envolvidos na missão, a fim de preservar a saúde dos policiais, testemunhas, investigados e seus familiares.

 

Comunicação Social da Polícia Federal em Mato Grosso do Sul

Contato: (67) 3368-1105
E-mail: [email protected]

Comentários Facebook
Continue lendo

Policia Federal

PF combate fraude na compra de insumos contra o COVID-19

Publicado


Juiz de Fora/MG – A Polícia Federal, em cumprimento a mandados de busca e apreensão por ela solicitados, deflagrou hoje, 21/10/2020, a Operação Guaxinim, que tem por objetivo a busca de evidências da prática do crime de peculato em compras de insumos e equipamentos médicos hospitalares para o combate ao SARS-COV-2.

As investigações identificaram que, em ocasiões distintas e próximas, uma mesma fornecedora foi contratada em caráter emergencial, por meio de dispensa de licitação e, mediante pagamento antecipado, para o fornecimento de máscaras cirúrgicas descartáveis e álcool etílico hidratado (70%) a preços muito acima do valor praticado no mercado. A organização valia-se de pessoa jurídica de pequeno porte, com razão social diversa do objeto contratado.

Segundo cálculos da Controladoria Geral da União, o superfaturamento foi estimado em mais de setecentos mil reais, com preço sobrelevado de 56,25% a 73,61% acima da média do mercado. Além disso, foi constatado atraso na entrega do material que também não estava de acordo com as especificações técnicas requeridas.

Os autores identificados no curso das apurações responderão pelo crime tipificado no art. 312 do Código Penal, com penas que podem atingir 12 anos de reclusão e multa, se condenados, sem prejuízo da responsabilização por outros delitos porventura verificados no curso da apuração, ora acautelada na 2ª Vara Federal Cível e Criminal da SSJ de Juiz de Fora/MG.

Seguindo todos os protocolos de cuidados do Ministério da Saúde em face da pandemia do Covid-19, a Polícia Federal continua trabalhando.

 

 

Comunicação Social da Polícia Federal em Minas Gerais

Contato: www.pf.gov.br

(32) 3228-9000

 

Comentários Facebook
Continue lendo

Nova Xavantina

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana