conecte-se conosco


Política Nacional

Planalto diz que não vai se manifestar sobre citação nazista de secretário

Publicado

Roberto Alvim, secretário de Cultura do governo Bolsonaro arrow-options
Reprodução

Roberto Alvim, secretário de Cultura do governo Bolsonaro

O Palácio do Planalto afirmou, nesta sexta-feira (17), que não vai se manifestar sobre o pronunciamento do secretário especial de Cultura , Roberto Alvim, que citou em vídeo trechos de um discurso de Joseph Goebbels, ministro da propaganda do regime nazista. 

Em nota, a assessoria de imprensa do Planalto afirmou que não vai comentar e que o secretário “já se manifestou oficialmente”. Após a repercussão do vídeo, Roberto Alvim afirmou que houve uma “coincidência retórica”, mas disse que não há nada de errado com o discurso. 

“Houve uma coincidência com UMA frase de um discurso de Goebbles (sic)… não o citei e JAMAIS o faria. Foi, como eu disse, uma coincidência retórica. Mas a frase em si é perfeita: heroísmo e aspirações do povo é o que queremos ver na Arte nacional”, disse o secretário. 

Leia também: Maia pede afastamento de secretário de Bolsonaro após citação nazista

Além do trecho copiado do discurso de Goebbels, outra referência ao regime de Adolf Hitler é a trilha sonora do pronunciamento: a ópera “Lohengrin”, de Richard Wagner. O compositor alemão era celebrado pelo líder nazista e teve grande influência em sua formação ideológica.

Comentários Facebook
publicidade

Política Nacional

Bolsonaro passeia de moto pelo Guarujá, em São Paulo

Publicado


source

O presidente Jair Bolsonaro, que passa o feriado de carnaval no Guarujá, litoral paulista, andou pelas ruas da cidade pilotando uma moto . Ele foi seguido por seguranças motorizados e circulou pela orla da cidade até parar em uma padaria, onde conversou com populares e aproveitou para comer pão de queijo e beber refrigerante. O passeio foi transmitido ao vivo em vídeos publicados na página oficial do presidente no Facebook nesta segunda-feira (24).

Leia também: Bolsonaro e Flávio dizem que já visitaram presídios várias vezes

Jair Bolsonaro arrow-options
Reprodução

Em publicação, presidente exaltou a marca alcançada nas redes sociais


Leia também: Avaliação do governo Bolsonaro se mantém estável em fevereiro, aponta pesquisa

A previsão é que Bolsonaro descanse no Guarujá até a quinta-feira (27), hospedado no Forte dos Andradas. Ele está acompanhado da filha Laura. A primeira-dama, Michelle, permaneceu em Brasília com familiares. O horário de retorno à capital federal ainda não foi informado pela assessoria presidencial.

O forte é sede da 1ª Brigada de Artilharia Antiaérea do Exército. O mesmo local foi utilizado pelo presidente durante o recesso de janeiro, e em outras ocasiões no ano passado, também para períodos de descanso. A unidade militar dá acesso a uma praia exclusiva.

Leia também: Bolsonaro chega ao litoral de São Paulo para passar o Carnaval

No sábaro (22), o presidente também andou pela cidade paulista, visitando estabelecimentos comerciais e cumprimentando apoiadores nas ruas.


Reforma administrativa

A expectativa, após o feriado de carnaval, é que Bolsonaro envie ao Congresso Nacional a proposta de reforma administrativa , que pretende mudar os direitos dos futuros servidores federais. A medida ainda não foi detalhada, mas os pontos adiantados pelo governo nos últimos meses incluem a revisão dos salários iniciais, a redução no número de carreiras e o aumento no prazo para o servidor atingir a estabilidade.

Comentários Facebook
Continue lendo

Política Nacional

Avaliação do governo Bolsonaro se mantém estável em fevereiro, aponta pesquisa

Publicado


source
Bolsonaro arrow-options
Carolina Antunes/PR

Segundo pesquisa, avaliação do governo se manteve dentro da margem de erro

Um novo levantamento realizado pela XP Investimento em parceria com o Instituto de Pesquisas Sociais, Políticas e Econômicas (Ipespe) mostrou que as avaliações negativas sobre o governo Bolsonaro diminuíram entre os meses de janeiro e fevereiro, mas se mantiveram dentro da margem de erro, que é de 3,2 pontos percentuais. As informações foram divulgadas nesta segunda-feira (24) pelo jornal O Estado de São Paulo.

Leia também: Para Damares, governo Bolsonaro herdou um páis devastado pela corrupção

Segundo a pesquisa, 36% dos entrevistados consideraram o governo de Bolsonaro como ruim ou péssimo, o que representa queda de 3% ante os 36% somados na avaliação realizada em janeiro. Já outros 34% apontaram a gestão como ótima ou boa e 29% como regular.

Outro ponto analisado pelo levantamento foi a expectativa da população quanto ao restante do mandato de Bolsonaro. Para 40%, o futuro é ótimo ou bom, enquanto 33% apontou como ruim ou péssimo. Os dados se mantiveram regulares ante aos dados da pesquisa anterior.

Congresso e Dólar

44% dos entrevistados fizeram uma avaliação ruim ou péssima do Congresso Nacional, diminuindo um ponto percentual desde a última pesquisa. Já o desempenho das opções ótimo e bom subiu de 9% para 10%, enquanto a alternativa regular somou 39%.

Leia também: Tubarão pré-histórico ataca submarino nas Bahamas, assista

Por fim, os entrevistados também foram questionados sobre a alta do dólar. Para 56%, o avanço da moeda norte-americana prejudica a vida dos brasileiros, enquanto 62% afirmou que a alta prejudica a economia do país. Entretanto, mesmo com esses valores, 47% consideram que ela está no caminho certo.

Comentários Facebook
Continue lendo

Política Nacional

Bolsonaro celebra 10 milhões de curtidas em rede social: “O Brasil é nosso”

Publicado


source

Agência Brasil

Bolsonaro arrow-options
Reprodução

Em publicação, presidente exaltou a marca alcançada nas redes sociais

Na noite deste domingo (23), o presidente Jair Bolsonaro postou um vídeo celebrando a marca de 10 milhões de curtidas no facebook. Vestindo uma camiseta do Goiás, o presidente agradeceu aos apoiadores pela confiança: “Muito obrigado a vocês pelo apoio e pela confiança. O Brasil é nosso, valeu pessoal!”.

Leia também: Tubarão pré-histórico ataca submarino nas Bahamas, assista

O presidente Bolsonaro passa o carnaval no Forte dos Andradas, no Guarujá (SP). A base militar é a última fortaleza construída no Brasil, inaugurada em 1942, durante a Segunda Guerra Mundial.

Em outra publicação, já nesta segunda-feira (24), ele destacou o trabalho de homens do Exército, coordenados pelo Ministério da Infraestrutura e pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), na recuperação de rodovias brasileiras durante o carnaval.

“(..) não descansam para tornar a vida dos motoristas e usuários das BRs do Brasil mais segura. Foram décadas de abandono! O trabalho continua”, disse em meio a uma montagem de fotos e vídeos com as obras.

Leia também: Após ataque ao irmão, Ciro chama Carlos Bolsonaro de “libélula deslumbrada”

Também pela mesma rede social, o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, publicou um vídeo dos trabalhos desse sábado. “Nosso 1º Batalhão Ferroviário (Lages-SC) avança firme nos trabalhos da duplicação da BR-116, trecho Guaíba-Tapes”, destacou.


Comentários Facebook
Continue lendo

Nova Xavantina

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana