conecte-se conosco


Policial

Polícia Civil cumpre prisão de autor de violência doméstica que continuava ameaçar vítima

Publicado


.

Assessoria/Polícia Civil-MT

Um homem investigado por crimes de violência doméstica e familiar foi preso pela Polícia Civil, por meio da Delegacia Especializada em Defesa da Mulher, Criança e Idoso de Várzea Grande, nesta quinta-feira (04.06). A ação foi realizada para cumprimento de mandado de prisão preventiva, decretada pela Vara Especializada em Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher. 

As investigações iniciaram no dia 18 de maio, após a vítima procurar a Polícia Civil e relatar as graves ameaças de morte que vinha sofrendo por parte do ex-companheiro. Segundo a comunicante, o suspeito não respeitava as restrições das medidas protetiva impostas pela Justiça e sempre perturbava sua tranquilidade.

O agressor foi preso em flagrante no dia 24 de abril, porém depois de ser solto passou novamente a transgredir contra a vítima, encaminhando constantes mensagens com teores de ameaça, contra a ex-companheira, dizendo que a vítima estava no corredor da morte e ainda sofreria um “salve” que seria aplicado por uma organização criminosa.

Como prova foram apresentados áudios e mensagens que comprovaram as informações. Para garantir efetividade às medidas protetivas, e com intuito de evitar um possível feminicídio, a a delegada Mariell Antonini representou pelo mandado de prisão preventiva do suspeito, que foi deferido pela Justiça.

Diante da ordem judicial, os policiais da Delegacia Especializada em Defesa da Mulher, Criança e Idoso de Várzea Grande conseguiram localizar e prender o suspeito nesta quinta-feira (04), o qual foi encaminhado para uma unidade prisional à disposição do Poder Judiciário.  

De acordo com a delegada que coordenou as investigações, Mariell Antonini Dias Viana, mesmo em período de pandemia a Polícia Judiciária Civil continua trabalhando firmemente com intuito de prevenir e apurar delitos.

 

 

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
publicidade

Policial

Polícia Civil prende 3 e apreende arma de fogo durante cumprimento de mandados de busca e apreensão

Publicado


.

Assessoria | Polícia Civil-MT

Quatro mandados de busca e apreensão visando o combate ao tráfico de droga no distrito de Água da Prata, região de Brasnorte (579 km a noroeste de Cuiabá), foram cumpridos pela Polícia Civil do município na manhã deste sábado (27.06). A ação resultou na prisão de três pessoas e na apreensão de uma arma de fogo e munições. 

Os dois homens de 46 e 22 anos, e uma mulher de 21 anos, foram autuados em flagrante pelos crimes de posse irregular de arma de fogo de uso permitido, tráfico de drogas e por crime ambiental de matar, perseguir, caçar, apanhar, utilizar espécimes da fauna silvestre.

As ordens judiciais foram decretadas pela Justiça após investigação da Delegacia de Polícia de Brasnorte, para apurar denúncias referentes ao comércio de entorpecentes instalado na região do distrito de Água da Prata. 

Conforme o delegado da cidade, Gustavo Godoy Alevado, devida à grande quantidade de denúncias referente ao tráfico de drogas naquela pequena localidade, os policiais civis passaram a investigar os fatos. 

“Após intensas diligências os policiais civis de Brasnorte com o apoio da Polícia Militar, cumpriram os mandados de busca e apreensão em quatro pontos alvos”, destacou o delegado Gustavo Godoy. .

Durante as buscas em um dos endereços, as equipes apreenderam uma pistola de calibre 380 com quinze munições intactas, porção e sementes de maconha, além de um animal silvestre (tatu) já abatido. No local as três pessoas envolvidas foram detidas e encaminhadas para Delegacia de Brasnorte.

Os conduzidos foram interrogados e presos em flagrante delito. Após a confecção dos autos os três suspeitos foram colocados à disposição da Justiça.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Polícia Civil prende 7 e apreende cerca de 200 kg de pescado irregular

Publicado


.

Assessoria | Polícia Civil-MT

Cerca de 200 quilos de pescado irregular foram apreendidos e sete homens presos em Vila Bela da Santíssima Trindade (521 km a oeste de Cuiabá), durante a operação “Rede Maldita” desencadeada pela Polícia Civil do município na sexta-feira (26.06). 

A ação teve como objetivo o combate ao crime ambiental, devida a grande quantidade de redes de pescas e outros materiais que vinham sendo usados de forma ilegal por pescadores nos rios Guaporé e Sararé. 

O trabalho operacional resultou também na apreensão de dois barcos de alumínio, dos motores de popa, uma caminhonete e aproximadamente sete bolos de redes de pesca. Os sete suspeitos, entre idades de 18 a 50 anos, foram autuados em flagrante por crime contra o meio ambiente (transportar, comercializar, beneficiar ou industrializar espécimes provenientes da pesca proibida). 

As investigações iniciaram após denúncia anônima sobre um grupo de pescadores que vinham praticando ilegalmente a pesca usando redes para capturá-los, modo considerado como pesca predatória.  

Diante das informações os policiais civis foram até a região na zona rural do município, quando avistaram uma caminhonete F-400 transportando dois barcos e algumas pessoas sobre o veículo. 

Ato contínuo foi realizada a abordagem veicular sendo encontradas caixas térmicas contendo diferentes espécies de peixes, varas de pescar e redes utilizadas para a pesca predatória.  

Diante dos fatos os setes suspeitos que estavam a bordo da caminhonete foram detidos e junto com os materiais foram conduzidos para Delegacia de Vila Bela da Santíssima Trindade, onde foram interrogados e autuados em flagrante pela prática de crimes contra a fauna de transportar, comercializar, beneficiar ou industrializar espécimes provenientes da pesca proibida. 

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Polícia Civil prende mulher com um quilo de cocaína dentro da bolsa

Publicado


.

Assessoria/Polícia Civil-MT

 

Uma mulher que transportava entorpecente dentro de uma bolsa foi surpreendida por policiais da Delegacia Especializada de Repressão a Entorpecentes (DRE), da Polícia Civil, na tarde desta sexta-feira (26.06). Com a suspeita foi apreendido um pacote de aproximadamente um quilo de cocaína.

A suspeita, de 31 anos, foi abordada durante diligências dos investigadores do DRE no bairro Santa Isabel em Cuiabá. Ao perceber a presença dos policiais, a traficante demonstrou nervosismo, levantando a suspeita dos policiais.

Durante revista, os policiais encontraram dentro da bolsa da suspeita um pacote com embalagem vermelha, aparentando ser cocaína. Diante da situação de flagrante, a suspeita foi conduzida à DRE, onde após ser interrogada, foi autuada por tráfico de drogas.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Nova Xavantina

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana