conecte-se conosco


Policial

Polícia Civil fecha quatro pontos de venda de drogas durante operação em Primavera do Leste

Publicado


.

Assessoria/Polícia Civil-MT

A Policia Civil de Primavera do Leste (231 km ao Sul de Cuiabá), através da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) intensificou os trabalhos de investigação durante o mês de maio para fechamento de pontos de venda de drogas, atualmente definidas pelas organizações criminosas como “Lojinhas”.

O trabalho coordenado pelo delegado regional, Carlos Roberto Moreira de Oliveira, junto a delegada titular da Derf, Anamaria Machado, resultou no fechamento de quatro bocas de fumo,  oito prisões e apreensões de quantias significativas de drogas entre maconha e cocaína, além da apreensões de carros e motos utilizadas para tráfico; 

Segundo as investigações da Derf, os pontos de comercialização de entorpecentes identificados além de serem locais de venda de drogas autorizadas e monitoradas por organizações criminosas, também são locais voltados para receptação de produtos de crimes furtados/roubados.

O delegado regional destacou a importância do trabalho da Derf para coibir o tráfico de drogas no município. “Esse é um trabalho que sempre desenvolvemos, porém, no último mês  intensificamos as investigações, para coibir a abertura e permanência das chamadas “lojinhas”,  terminologia utilizada atualmente  por  organizações criminosas para definir  os pontos de venda de entorpecentes”, explicou Carlos Oliveira.

Para a delegada titular da Derf Primavera do Leste, Anamaria Machado, que  esteve a frente de toda a investigação desenvolvidas  pela unidade, muitas ocorrências de  furto e  roubo  estão relacionadas a comercialização de  drogas na cidade.”A Derf sempre desenvolveu um trabalho de combate ao tráfico de  drogas, mas esse  mês intensificamos  combate através  de investigações para o fechamento desses pontos de venda que fomentam outros crimes como roubo, furto e receptação em Primavera do Leste,. finalizou a delegada.

 

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
publicidade

Policial

Cinquenta quilos de maconha são apreendidos em área de mata em Várzea Grande

Publicado


.

Raquel Teixeira/Polícia Civil-MT

Cinquenta quilos de maconha foram apreendidos na tarde de quarta-feira (08.07), em Várzea Grande, após investigação da Delegacia Especializada de Repressão a Entorpecentes (DRE). A droga estava dividida em 55 tabletes e foi apreendida em uma área demata, no bairro Jardim Maringá 1. O prejuízo ao tráfico com essa apreensão é estimado em R$ 82,5 mil. 

Equipes da DRE estavam em diligências no bairro, próxima a uma área de chácaras, onde notaram movimentação suspeita em uma área de mata. Após levantar informações e fazer o monitoramento na área, os policiais fizeram buscas dentro da mata, seguindo trilhas abertas no local e conseguiram localizar os pacotes de maconha.

O delegado Vitor Hugo Bruzulato Teixeira explica que o entorpecente estava em caixas de isopor e em um saco de lixo, escondidos no meio de um matagal e encobertos debaixo de uma lona preta. 

Próximos ao entorpecente, os policiais também encontraram uma vasilha de plástico contendo diversos sacos plásticos vazios, utilizados para a comercialização de drogas.

O delegado Vitor Hugo explica que as investigações prosseguem para identificar os responsáveis pelo tráfico e propriedade da droga apreendida.

Todo o material foi encaminhado à DRE para o registro da ocorrência e depois enmcainhado para a perícia técnica da Politec.

 

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Ação conjunta vai distribuir cestas básicas a famílias cadastradas por Consegs e Polícia Comunitária

Publicado


.

Assessoria/Polícia Civil-MT

A Polícia Civil se uniu em uma ação conjunta com a Secretaria de Estado de Trabalho e Assistência (Setasc) e Federação dos Conselhos Comunitários de Segurança (Feconseg-MT) para distribuição de cestas básicas para atender comunidades carentes da região metropolitana de Cuiabá e interior.

 

As cestas são montadas pela Setasc e fazem parte da Campanha Vem Ser Mais Solidário, coordenada pela secretaria, que arrecada alimentos e materiais de limpeza para doações a famílias em situação de vulnerabilidade neste período da pandemia do coronavírus.

A distribuição das 500 cestas básicas será organizada será organizada pela Coordenadoria de Polícia Comunitária e terá por parâmetro as demandas oriundas dos Consegs. As doações também irão para pessoas em situação de vulnerabilidade que já são cadastradas pela coordenação da Polícia Comunitária.  

As cestas contêm gêneros alimentícios de primeira necessidade, produtos de limpeza e vem também acompanhadas de cobertores, a fim de proporcionar às famílias melhores condições de passar pelo período  inverno, além de. Os cobertores fazem parte do Programa Aconhecgo, também da Setasc.

 

“A Polícia Judiciária Civil espera com esta ação contribuir com a população carente que tanto sofre com a pandemia. Ações desta natureza são a tônica da Coordenadoria neste momento difícil pelo qual passa muitas famílias mato-grossenses”, reforçou o coordenador de Polícia Comunitária, delegado Walter de Melo Fonseca Junior.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Operação da Polícia Civil fiscaliza farmácia em Várzea Grande para coibir práticas abusivas contra o consumidor

Publicado


.

Assessoria/Polícia Civil-MT

Em continuidade aos trabalhos da operação de combate a crimes contra o consumidor, relacionados a produtos mais vendidos durante a pandemia, equipes da Polícia Civil realizaram nesta quarta-feira (08.07), a fiscalização em uma farmácia em Várzea Grande.

Participaram da operação, policiais da Delegacia Especializada de Defesa do Consumidor (Decon) e da Equipe Especial criada para coibir e investigar crimes desta natureza durante o período.

As equipes fizeram a vistoria nos preços de produtos mais procurados durante a pandemia, como álcool em gel, álcool 70%, máscaras, e medicamentos, não sendo encontrada nenhuma irregularidade no estabelecimento.

Durante os trabalhos também foi realizada a orientação aos responsáveis pela farmácia acerca das condutas proibidas e ilegais, relativas às relações de consumo. Segundo o delegado, Ramiro Mathias Queiroz, que coordenou os trabalhos, após a fiscalização, a operação foi encerrada, sendo a documentação produzida encaminhada a Decon.

 

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Nova Xavantina

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana