conecte-se conosco


Policial

Polícia Civil identifica foragido de penitenciária após suspeito usar documento falso

Publicado


Assessoria PJC-MT

Um homem foragido da Penitenciária Major Eldo Sá Corrêa (Mata Grande), em Rondonópolis (212 km ao sul de Cuiabá), foi identificado pela Polícia Judiciária Civil do município de Jaciara (104 km ao sul de Cuiabá), após utilizar documento falso.

O suspeito e outro comparsa foram detidos pela Polícia Militar na noite de terça-feira (11.02), em um posto de combustíveis no centro da cidade de Jaciara. Na ocasião, os dois abasteceram um veículo e pagaram o frentista com notas falsas falso. 

Ao serem localizados pela equipe da PM, ambos tentaram fugir, porém, foram detidos e encaminhados à Delegacia de Jaciara por desacato, resistência, desobediência, uso de moeda falsa e uso ilícito de drogas.

Durante interrogatório, os policiais civis desconfiaram e acabaram identificando que um dos conduzidos estava com documento falso, bem como, se tratava de um reeducando foragido da Mata Grande em agosto de 2019.

Diante dosevidências, o rapaz também foi autuado em flagrante pelo crime de uso de documento falso. Após a confecção da ocorrência, ele foi colocado à disposição da Justiça.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
publicidade

Policial

Alunos de projeto social em Cuiabá recebem apoio da Polícia Civil

Publicado


Assessoria | PJC-MT

Mais de 60 crianças e adolescentes da região do bairro Osmar Cabral, em Cuiabá, participaram nesta quarta-feira (19.02) das ações sociais da Polícia Judiciária Civil, desenvolvidas pelos projetos da Coordenadoria de Polícia Comunitária.

Alunos do projeto “Karatê-do” foram presenteados pela Polícia Comunitária com kits contendo uma garrafa de alumínio com a logomarca dos projetos sociais da Polícia Civil e uma bolsa personalizada com o brasão da instituição.

O projeto “Karatê-do” é realizado no bairro Osmar Cabral e tem apoio de voluntários e comerciantes da região. A ação visa promover de forma contínua as aulas de karatê, aulas de violão, entre outras atividades como palestras abordando temas variados.

O professor de artes marciais, Marcivon Nunes, pontua que a Polícia tem sido grande parceira, oportunizando encontros com os policiais que através de apresentação e palestras, permitem aos alunos a compreensão em fazer boas escolhas sem a influência negativa das drogas.

“Os alunos do karatê utilizam as camisetas dos projetos sociais como um uniforme para frequentarem as aulas”, conta o professor.

Conforme o coordenador da de Polícia Comunitária, Ademar Torres, os projetos sociais seguem os protocolos a fim de garantir que os participantes das ações (alunos, professores, aos pais e/ou responsáveis), compreendam sobre a importância da prevenção da violência, como o bullying, assim como o uso indevido de drogas lícitas e ilícitas, buscando engajamento nas atividades preventivas com base na filosofia da responsabilidade compartilhada.

“Nossa intenção é ampliar as atividades de prevenção, por meio do apoio a projetos comunitários que promovam a educação e bem-estar dos jovens”, destacou o policial.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Policiais civis prendem em flagrante suspeito de traficar droga próximo a escola

Publicado


Assessoria/PJC-MT

Equipe da Delegacia Especializada de Repressão a Entorpecentes (DRE) prendeu em flagrante na tarde desta quarta-feira (19.02) um homem suspeito por tráfico de drogas, no bairro Osmar Cabral, na Capital. O suspeito é monitorado por tornozeleira eletrônica e comercializava droga nas proximidades de uma escola do bairro.

A equipe da DRE realizou diligência no bairro para cumprimento de um mandado de busca e apreensão expedido pela 13ª Vara Criminal de Cuiabá, como parte de uma investigação em andamento na unidade policial, após recebimento de uma denúncia de que o suspeito praticaria tráfico de entorpecentes.

Após checagem na casa do suspeito, os policiais encontraram em cima da mesa de jantar uma porção de substância análoga à maconha e no armário da cozinha o valor de R$ 480,00. Após encerradas as buscas, o suspeito foi conduzido à DRE, onde foi lavrado o flagrante.

O mesmo rapaz tem outra ocorrência por tráfico de drogas, investigado pela delegacia especializada no ano de 2019 e por este motivo estava fazendo uso de tornozeleira eletrônica. Ele será encaminhado para audiência de custódia.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Polícia Civil indicia 33 pessoas por envolvimento com tráfico de drogas em Várzea Grande

Publicado


Assessoria | PJC-MT

Trinta e três suspeitos de atuar no comércio de drogas na região de Várzea Grande foram indiciados pela Polícia Judiciária Civil, por meio da Delegacia Especializada de Repressão a Entorpecentes (DRE). O inquérito instaurado subsidiou a operação “Cleanup” deflagrada em dezembro de 2019. Os envolvidos são acusados de tráfico de drogas e associação para o tráfico de drogas

Em dezembro passado, 19 pessoas foram presas durante a operação. As diligências foram continuadas, possibilitando a identificação dos demais suspeitos.

Com a conclusão das investigações e indiciamento dos investigados, o inquérito policial foi encaminhado ao Ministério Público Estadual, para providências cabíveis e início do processo criminal perante a Justiça.

Conforme o delegado titular da DRE, Vitor Hugo Bruzulato, foram aproximadamente cinco meses de investigações, com a coleta de elementos robustos da participação de todos os indiciados nos crimes.

“O inquérito encerrado e concluído pelo delegado Wilson Cibulskys, reforça o excelente trabalho que vem sendo realizado por toda a equipe da DRE, levando para o início da ação penal e posteriormente condenação dos acusados”, destacou Vitor Hugo Bruzulato.

Operação “Cleanup

Cinquenta e seis ordens judiciais, entre mandados de prisões e de buscas e apreensões domiciliares foram cumpridos no dia 19 de dezembro por equipes da pela Delegacia Especializada de Repressão a Entorpecentes (DRE). 

As ordens judiciais, sendo 23 mandados de prisão e 33 de busca e apreensão, foram expedidas pela 3ª Vara Criminal de Várzea Grande, com objetivo de combater a ação de traficantes que atuam, principalmente, no município.

Entre os alvos, estava um policial civil aposentado que atualmente é vereador de Várzea Grande.

Nome da operação

Cleanup traduzindo para o português significa Limpar/Limpeza, em alusão à limpeza da intensa criminalidade e violência em Várzea Grande.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Nova Xavantina

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana