conecte-se conosco


Policial

Polícia Civil prende homem que estuprou e agrediu ex-companheira em quarto de motel

Publicado


.

Assessoria/Polícia Civil-MT

Um homem suspeito de estuprar e agredir a ex-companheira, dentro de um quarto de motel foi preso em flagrante, nesta segunda-feira (14.09), em ação da Delegacia Especializada de Defesa da Mulher (DEDM) de Rondonópolis (212 km ao sul de Cuiabá).

Segundo as informações, o suspeito atraiu a ex-companheira chamando-a para ir a delegacia onde ele tiraria uma queixa que ele fez contra ela. No entanto, no caminho ele entrou em um motel, puxou a vítima pelos cabelos e a abrigou manter relação sexual com ele.

O suspeito ainda bateu a cabeça da vitima contra a parede, desferiu socos contra sua boca e em seguida tentou enforca-la com um carregador de celular, a todo tempo falando palavras de baixo calão contra ela.  Na saída do estabelecimento, o suspeito ainda obrigou a vítima pagar a contra do motel e ainda subtraiu R$ 100 que estava na carteira dela.

A vítima tornou a ser ameaçada pelo suspeito que disse que se ele fosse preso ela a mataria quando saísse da cadeia. A mulher já havia registrados boletins de ocorrência anteriores contra o suspeito e possuía medidas protetivas.

Assim que tomaram conhecimento dos fatos, os investigadores da Delegacia da Mulher de Rondonópolis saíram em diligências conseguindo localizar o suspeito em seu local de trabalho, uma oficina no bairro São Francisco.  Diante dos fatos, ele foi conduzido a 1ª Delegacia de Polícia de Rondonópolis para as providências cabíveis.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
publicidade

Policial

Polícia Civil cumpre mandados contra grupo envolvido na tentativa de roubo no Atacadão

Publicado


.

Assessoria/Polícia Civil-MT

A Polícia Civil, através da Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO), deflagrou na manhã desta quarta-feira (22.09), operação para dar cumprimento a ordens judiciais de prisão contra três criminosos envolvidos na tentativa de roubo, no supermercado Atacadão, ocorrido em maio de 2019. As ordens judiciais foram expedidas pela Terceira Vara Criminal da Capital.

O crime ocorreu no dia 10 de maio quando o grupo criminoso associado, fortemente armado, tentou atacar o carro forte da empresa Brinks, no momento em que era realizado o abastecimento dos terminais de auto atendimento (caixas eletrônicos) instalados no supermercado.

O roubo não foi consumado devido a intervenção imediata da equipe da GCCO, assim como pela ação do vigilante da empresa, resultando na morte de três dos criminosos.  Durante a ação, não houve terceiros feridos, seja dentro do estabelecimento, com a reação justa e necessária do vigilante, seja na parte externa com a intervenção dos policiais, repelindo iminente e injusta agressão.

Com os criminosos, foram encontradas diversas armas de fogo, sendo uma pistola canadense, calibre .45, com 13 munições .45 intactas e uma munição .45 deflagrada; submetralhadora,, calibre .40, patrimônio da Polícia Judiciária Civil, com um carregador com 12 munições .40 intactas; e uma pistola, calibre .380, patrimônio da Polícia Militar, com um carregador com uma munição .380 intacta e três munições .380 deflagradas.

O mesmo grupo criminoso inicialmente identificado no dia dos fatos,era investigado também pela Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) de Cuiabá por diversos crimes patrimoniais anteriores, investigação que auxiliou no levantamento de provas técnicas da participação deles no crime.

Em continuidade a investigação, a GCCO apurou o envolvimento de outros três criminosos, após incessante trabalho policial que reuniu esforços em Inteligência Policial, análises de vínculos, de imagens, diligências em campo e perícias requisitadas.

Ainda no dia dos fatos, foi aventada a possível participação de uma vigilante da própria empresa Brinks, sendo o seu envolvimento apontado pela esposa de um dos criminosos mortos na ação. Nas investigações foi comprovada a atuação da vigilante no planejamento da ação dos criminosos, fornecendo informações precisas e imprescindíveis, enviando fotos, dados sigilosos e localizações dos pontos de abastecimento de caixas eletrônicos de diversos clientes da empresa onde trabalhava.

A investigação ainda demonstrou o vínculo da vigilante com um conhecido criminoso, já envolvido em diversos crimes relacionados a caixas eletrônicos, também investigado e preso pela GCCO na operação Luxus.

Um dos alvos da operação já se encontrava preso no Centro de Ressocialização de Cuiabá, bem como dois mandados de busca e apreensão. Os presos serão interrogados na GCCO e o inquérito policial finalizado em dez dias.

 

 

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Mudança temporária no atendimento da Central de Flagrantes de Várzea Grande

Publicado


.

Assessoria/Polícia Civil-MT

A Polícia Civil, por meio da Diretoria Metropolitana, comunica que as ocorrências atendidas pela Central de Flagrantes de Várzea Grande estão sendo provisoriamente atendidas na Central de Flagrantes de Cuiabá ou no Plantão de Atendimento a Vítimas de Violência Doméstica e Sexual, de acordo com a natureza do fato. A mudança inicia nesta terça-feira (22), a partir das 19 horas e segue até o dia 13 de outubro de 2020.

A medida de caráter extraordinário e emergencial foi tomada em virtude do número de servidores diagnosticados positivamente para coronavírus e, por consequência, afastados das atividades laborais.

Desde o início da pandemia de Covid-19, a Diretoria Metropolitana e a Diretoria de Atividades Especiais montou uma escala de reforço com policiais das respectivas delegacias de cada diretoria a fim de suprir o atendimento nas centrais de flagrantes da região metropolitana e mantê-las em funcionamento ininterrupto.

Além do aumento de policiais diagnosticados positivos para o vírus, há também um expressivo número de servidores, especialmente da Diretoria Metropolitana, que pertence ao grupo de risco para a Covid e que estão impossibilitados de realizar o trabalho presencial.

Desta forma, os atendimentos de flagrantes ocorridos em Várzea Grande serão encaminhados às duas unidades de plantão de Cuiabá, respeitando a natureza das ocorrências.

A Polícia Civil reitera seu compromisso e atuação laboral em prol da sociedade e da segurança pública de Mato Grosso.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Unidade policial de Barra do Garças passa por reforma e padronização visual

Publicado


.

Assessoria | Polícia Civil-MT

A Polícia Civil, por meio da Delegacia Regional de Barra do Garças (509 km a leste de Cuiabá), realizou uma ação de revitalização da estrutura predial onde funciona a Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) do município.

A reforma proporcionou melhorias no ambiente de trabalho dos servidores e no atendimento à população e foi possível após parceria com a Prefeitura Municipal, comerciantes e produtores rurais da região.

Forem realizadas pinturas nas áreas interna e externa do imóvel, além da troca das placas indicativas da unidade, confeccionadas em conformidade com a nova padronização visual nacional adotada pelas instituições de Polícia Civil.

A Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) de Barra do Garças, localizada na região central da cidade, atua diariamente nas investigações visando principalmente o combate aos crimes praticados contra o patrimônio (roubos e furtos).

 

 

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Nova Xavantina

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana