conecte-se conosco


Policial

Polícia Civil prende pai suspeito de engravidar filha em Canarana

Publicado


.

Assessoria | Polícia Civil-MT

Um pai investigado por estupro contra sua filha menor de idade foi preso pela Polícia Civil na sexta-feira (29.05), em Canarana (823 km a leste de Cuiabá), em ação para cumprimento de mandado de prisão temporária. 

O suspeito tem 42 anos teve a ordem judicial decretada por crime contra a dignidade sexual – estupro.  A vítima hoje está com 16 anos e possuí duas filhas, uma delas com um ano e cinco meses de idade.

As investigações iniciaram no dia 14 de maio, após ocorrência registrada na Delegacia de Polícia. A adolescente contou que era abusada pelo pai desde os dez anos. Com duas filhas pequenas, a adolescente disse que não sabe se as crianças são do namorado, ou frutos dos abusos sexuais praticados pelo seu pai.

Conforme o delegado de Canarana, Deuel Paixão de Santana, logo que comunicada dos fatos a Polícia Civil passou a apurar as informações. Durante o trabalho cauteloso de investigação, o suspeito chegou a ser ouvido, porém negou as acusações. 

“A filha mais velha da vítima foi registrada pelo então namorado da menor. Porém na certidão de nascimento da segunda criança hão há pai declarado. Agora será coletado material genético para prova técnica e comprovação de paternidade”, disse o delegado. 

Com base nos indícios, o investigado teve o mandado de prisão temporária expedido pelo Poder Judiciário.

Ao ser preso, o pai foi novamente interrogado, negou o estupro e também negou ceder material genético para exame de DNA.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
publicidade

Policial

Polícia Civil prende mais três suspeitos com drogas e armas em continuidade de operação em Alta Floresta

Publicado


.

Assessoria/Polícia Civil-MT

 

Em continuidade aos trabalhos da operação Vitae III, a Polícia Civil de Alta Floresta (650 km ao norte de Cuiabá) prendeu mais u três suspeitos e  apreendeu drogas, armas e munições, em ação realizada na tarde de sexta-feira (10.07).

As diligências realizadas para dar cumprimento ao mandado de busca e apreensão contra um alvo da operação  foram realizadas pelos policiais da Delegacia de Alta Floresta, Gerência de Operações Especiais (GOE) com apoio da  Agência Regional de Inteligência da Polícia Militar.

Segundo as investigações da operação Vitae III, o suspeito alvo da ordem judicial atua na função de “disciplina” na organização criminosa, sendo responsável pela aplicação de castigos físicos e homicídios àqueles que descumprem as ordens e regras da facção.

Com informações de que o suspeito não estava em sua residência, os policiais realizaram sua abordagem em via pública, realizando sua prisão. Em seguida, os policiais realizaram as buscas na casa do investigado, no bairro Parque dos Lagos, porém no local não foi encontrado nenhum material ilícito.

Durante entrevista com os policiais, o suspeito apontou dois endereços, um no setor industrial e o outro no bairro Boa Nova III, onde estariam guardados entorpecentes e armas de fogo pertencente à organização criminosa.

Em buscas em uma das residências, os policiais encontraram porções de entorpecentes (maconha e pasta base), balança de precisão, aparelhos celulares e R$ 500. Um suspeito que estava na casa foi preso e encaminhado para a Delegacia de Alta Floresta.

No segundo endereço no bairro Boa Nova III, foi localizada uma pistola calibre 380, um carregador, um revólver calibre 32 e munições calibres 32 e 380.  O morador da casa foi preso em flagrante e confessou que estava guardando as armas a pedido do integrante da facção criminosa.

Diante das evidências, todo material ilícito foi apreendido e os suspeitos foram encaminhados a Delegacia de Alta Floresta, onde após serem interrogados pelo delegado Pablo Carneiro,  foram lavrados os flagrantes.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Homem investigado por furto de gado no Araguaia tem prisão preventiva cumprida

Publicado


.

Assessoria/Polícia CiviL-MT

Policiais civis de Barra do Garças (509 km a leste de Cuiabá) cumpriram na quinta-feira (09) mandado de prisão preventiva contra um homem investigado em inquérito que apura furto de gado na região. O mandado foi cumprido pela equipe da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf), responsável pela investigação. 

A prisão preventiva faz parte da representação feita pelo delegado Nelder Martins Pereira para responsabilização de mais um dos envolvidos nos crimes de associação criminosa, receptação de animal, falsidade ideológica e uso de documentos falsos.

O delegado explica que essa prisão é desdobramento das investigações que tiveram início em 24 de junho, quando investigadores da Derf, com apoio da Polícia Militar de Barra do Garças, abordaram três caminhões que transportavam juntos 60 cabeças de gado bovino. A Polícia Civil apurou que o gado furtado de uma propriedade no município de Alto Garças.

 

Um dos caminhões apreendidos com gado furtado

Um dos caminhões apreendidos em junho com o gado furtado

As investigações apontaram que o homem preso nesta quinta-feira foi o responsável pela contratação dos fretes dos caminhões e também por entregar as notas fiscais e as GTAs (Guias de Transporte Animal) dando ao gado a aparência de produto lícito.

Além disso, as evidências levantadas apontam que suspeito articulou tanto para a retirada do gado no local do furto, quanto para o tráfego, até ocorrer a abordagem policial. A todo instante, os motoristas seguiam sua orientação.

O gado seria desembarcado na propriedade de outra pessoa envolvida nos crimes em apuração, na cidade de Araguaiana, próxima a Barra do Garças.

Conforme o delegado Nelder Martins, os investigados devem responder pelos crimes associação criminosa, receptação de animal, falsidade ideológica e uso de documentos falsos, conforme tipificados nos artigos 288, 180-A, 299 e 304 do Código Penal Brasileiro.

O suspeito preso está preso na cadeia pública de Barra do Garças, à disposição da Justiça para as providências cabíveis.

 

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Três adultos são presos com seis quilos de maconha em bairro de VG

Publicado


.

Raquel Teixeira/Polícia Civil-MT

Três adultos foram presos e um adolescente aprendido com seis quilos de entorpecente na tarde desta sexta-feira (10), em uma casa no bairro Terra Nova, em Várzea Grande. As prisões e a apreensão foram feitas por equipe da Delegacia Especializada de Repressão a Entorpecentes (DRE) que realizava diligências na região.

Durante rondas pelo bairro, os policiais da DRE avistaram um rapaz em atitude suspeita e ao ser abordado, com ele foram encontradas porções médias de maconha. Com a informação de que havia uma boca de fumo nas proximidades, a equipe policial foi até a casa do adolescente abordado. No momento em que a viatura parou na residência, outro rapaz saía do local e nos fundos do quintal havia mais duas pessoas. Uma delas, ao perceber que era abordagem policial, tentou fugir pulando o muro.

Em busca no terreno da residência, os policiais encontraram parte da droga enterrada no quintal, dois tabletes e meio de substância análoga à maconha. Em um dos quartos da casa foram localizadas mais porções de droga.

Em mais uma revista no quintal da casa, a equipe da DRE localizou dentro de uma máquina de lavar roupas mais três tabletes e meio da droga e outras porções separadas. 

O grupo foi encaminhado para a DRE para ser ouvido. Os três adultos foram autuados pelo delegado Vitor Hugo Bruzulato Teixeira por tráfico de drogas e associação para o tráfico, com aumento de pena por envolver menor de idade nos crimes.

O adolescente vai responder a ato infracional análogo a tráfico de drogas e associação para o tráfico. A ocorrência será encaminhada para a Delegacia Especializada do Adolescente.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Nova Xavantina

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana