conecte-se conosco


Mato Grosso

Procon Estadual recomenda cautela com liquidações de início de ano

Publicado


O Procon Estadual de Mato Grosso orienta para o consumo consciente e cuidados com as liquidações do mês de janeiro. A prática de queima de estoque é comum nesse período e acontece para acelerar a venda de produtos de modelos anteriores e abrir espaço aos lançamentos, mas é fundamental antes de comprar fazer uma consulta de preços em sites, lojas, catálogos e panfletos para evitar publicidade enganosa.

“É essencial também que o consumidor esteja atento, pois pode acontecer, por exemplo, de uma loja anunciar um produto em liquidação com o mesmo valor que já era cobrado anteriormente, ou seja, sem modificar o preço. Esse tipo de prática é proibida e considerada crime. Caso seja constatada, o fornecedor pode responder civil e criminalmente”, orienta o secretário adjunto de Proteção e Defesa dos Direitos do Consumidor, Edmundo Taques.

Outro alerta é exigir nota fiscal no ato da compra ou contratação de serviço. O documento é essencial para que as garantias e os direitos dos consumidores sejam respeitados, especialmente caso ocorra defeito no produto. Se possível, o consumidor deve optar pelo pagamento à vista e tentar negociar descontos, evitando prestações a curto ou a longo prazo, sobre as quais incidem juros.

“Isso é importante para evitar  endividamento ou até superendividamento. Além disso, os preços promocionais não afetam os direitos do consumidor. No caso de produtos com defeito, por exemplo, o estabelecimento não pode se negar a realizar a troca ou reparo, considerando o prazo garantido por lei”, acrescenta o secretário adjunto do Procon.

O Código de Proteção e Defesa dos Consumidores (CDC) estabelece prazo de 90 dias de garantia para bens duráveis, como aparelhos eletrodomésticos e eletrônicos, móveis, roupas e sapatos, por exemplo. Para os produtos não duráveis, como os alimentos e bebidas, a garantia é de 30 dias.

Quando a compra é realizada pela internet a atenção deve ser ainda maior. Os consumidores precisam observar a autenticidade dos sites. É possível verificar se o site é seguro através do símbolo de um cadeado na sua barra de endereço eletrônico. Além disso, avalie se os dados da empresa, como endereço, formas de contato e CNPJ são informados (e verdadeiros), bem como as condições de entrega, como prazo e cobrança de frete.   

O Procon recomenda, também, que os consumidores imprimam ou printem a tela com as informações sobre o site e dados da compra. E, ainda, que evitem acessar links com promoções recebidas em redes sociais ou por e-mail. 

Para as compras realizadas fora do estabelecimento comercial, como pela internet, catálogos e telefone, o CDC estabelece que os consumidores têm direito de desistir da compra sem sequer precisar explicar o motivo. A solicitação pode ser feita em até sete dias da data da compra ou do recebimento do produto, independente de o item ter defeito ou não. Nesses casos, o consumidor terá o direito da devolução integral de qualquer valor que tenha sido pago, inclusive do frete.

Atenção: Ao comprar artigos em promoção ou de mostruário, solicite que as condições do produto e os requisitos para a troca sejam especificadas na nota fiscal.

Cuidados sanitários: Com o aumento de casos de gripe e de coronavírus, o Procon Estadual recomenda que a população siga à risca as medidas de biossegurança nos estabelecimentos, como usar máscara, lavar bem as mãos, utilizar álcool em gel disponibilizado pelas lojas e evitar aglomerações. 

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
publicidade

Mato Grosso

Sexta-feira (28): Mato Grosso registra 621.673 casos e 14.261 óbitos por Covid-19

Publicado


A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde desta sexta-feira (28.01), 621.673 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 14.261 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado.

Foram notificadas 5.016 novas confirmações de casos de coronavírus no Estado. Dos 621.673 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 31.040 estão em isolamento domiciliar e 575.290 estão recuperados.

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 202 internações em UTIs públicas e 209 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está em 78,91% para UTIs adulto e em 44% para enfermaria adulta.

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19 estão: Cuiabá (117.763), Várzea Grande (46.169), Rondonópolis (40.049), Sinop (28.828), Tangará da Serra (20.143), Sorriso (18.960), Lucas do Rio Verde (18.880), Primavera do Leste (17.368), Cáceres (14.248) e Alta Floresta (12.254).

A lista detalhada com todas as cidades que já registraram casos da Covid-19 em Mato Grosso pode ser acessada por meio do Painel Interativo da Covid-19, disponível neste link.

Sistemas instáveis

Devido à instabilidade dos sistemas do Ministério da Saúde ocorrida nas últimas semanas, não foi possível atualizar os dados do Ranking da Vacinação em Mato Grosso e o número de casos e óbitos da Covid-19 no País. Os dados serão atualizados e divulgados assim que for restabelecido o acesso da SES aos sistemas do Governo Federal.

Recomendações

Já existem vacinas para prevenir a infecção pelo novo coronavírus, mas ainda é importante adotar algumas medidas de distanciamento e biossegurança. Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca da Covid-19. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo vírus. Entre as medidas estão:

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;

– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;

– Evitar contato próximo com pessoas doentes;

– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;

– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

Boletim atualizado às 17h51

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Estudante de Primavera do Leste ganha medalha de ouro na 16ª Olimpíada de Matemática

Publicado


Dois estudantes do 7º ano da Escola Estadual Sebastião Patrício, em Primavera do Leste, foram premiados na 16ª Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP). Trata-se de Manuela de Oliveira Rodrigues, que levou a medalha de ouro no nível 01, e Elias Henrique Oliveira Jardim, com menção honrosa.

Medalhas e troféus já são uma rotina para Manuela. Duas vezes premiada no Festival de Poesia Manoel de Barros, promovido pela Secretaria Municipal de Cultura, sendo em 2021, com o 1º primeiro lugar em declamação.

A professora Renata Venâncio Pereira, responsável pelas inscrições na segunda fase OBMEP, explica que em 2021, foram 24 estudantes participantes, todos motivados. “A segunda fase não possui apenas questões objetivas, sendo assim, a estudante premiada foi muito dedicada, pois soube descrever a Matemática dentro das questões. Elias, por sua vez, é um aluno muito participativo”.

No entendimento do diretor Cássio João Lourenço dos Reis, a estudante Manuela possui um currículo digno de ser afixado na parede, pois em tudo que participa sempre sai vitoriosa. No geral, o gestor avalia como excelente a participação dos estudantes.

“Nossa escola, por meio dos professores, sempre promove este tipo de atividade em todas as áreas. Então, estendo o parabéns a todos: professores, alunos e pais que deram todo o apoio”, comemora.

Para a coordenadora pedagógica Danúbia Bernardes, a premiação é motivo de alegria e satisfação para toda a comunidade escolar da Escola Sebastião Patrício, principalmente dos docentes que procuram sempre incentivar seus estudantes a participar de competições pedagógicas. “Nem todos estudantes são premiados, mas o importante é particpiar e tentar sempre”.

Medalhistas de prata

O Estado de Mato Grosso teve, em 2021, doze alunos premiados com medalhas de prata pela OBMEP. Eles receberam a medalha digitalmente, este é caso do Mateus Lucas Rocha, de 15 anos.

Matriculado em 2022 do 2º ano do Ensino Médio, o estudante se inscreveu pela primeira vez na prova da OBMEP quando tinha 12 anos, épóca em que foi medalha de bronze. Na ocasião, o irmão gêmeo Daniel Lucas também foi medalhista de bronze.

Segundo a mãe dele, Nilzelene Mendes Lucas Rocha, esse resultado ofereceu a Mateus o direito de participar de outro evento, a Olimpíada Brasileira de Matemática (OBM), que será no próximo mês.

A OBMEP é a competição do conhecimento brasileira que tem a maior participação no país. Ela premia alunos com medalhas de ouro, prata e bronze e menção honrosa para aqueles que tiveram bom desempenho, mas não chegaram na nota de corte.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Sexta-feira (28): Mato Grosso registra 620.936 casos e 14.258 óbitos por Covid-19

Publicado


A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde desta sexta-feira (28.01), 620.936 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 14.258 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado.

Foram notificadas 4.279 novas confirmações de casos de coronavírus no Estado. Dos 620.936 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 30.830 estão em isolamento domiciliar e 574.776 estão recuperados.

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 202 internações em UTIs públicas e 202 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está em 78,91% para UTIs adulto e em 42% para enfermaria adulta.

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19 estão: Cuiabá (117.697), Várzea Grande (46.162), Rondonópolis (40.048), Sinop (28.828), Tangará da Serra (20.111), Sorriso (18.941), Lucas do Rio Verde (18.880), Primavera do Leste (17.339), Cáceres (14.216) e Alta Floresta (12.250).

A lista detalhada com todas as cidades que já registraram casos da Covid-19 em Mato Grosso pode ser acessada por meio do Painel Interativo da Covid-19, disponível neste link.

Sistemas instáveis

Devido à instabilidade dos sistemas do Ministério da Saúde ocorrida nas últimas semanas, não foi possível atualizar os dados do Ranking da Vacinação em Mato Grosso e o número de casos e óbitos da Covid-19 no País. Os dados serão atualizados e divulgados assim que for restabelecido o acesso da SES aos sistemas do Governo Federal.

Recomendações

Já existem vacinas para prevenir a infecção pelo novo coronavírus, mas ainda é importante adotar algumas medidas de distanciamento e biossegurança. Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca da Covid-19. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo vírus. Entre as medidas estão:

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;

– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;

– Evitar contato próximo com pessoas doentes;

– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;

– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Nova Xavantina

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana