conecte-se conosco


Mato Grosso

Produtor financia atividade com recursos do Pronaf em Barra do Bugres

Publicado


.

Com recursos na ordem de R$ 145 mil do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) Mais Alimentos, o produtor rural, Jair Gervazoni (74), proprietário do Sítio Santa Maria, que possui uma área de 121 hectares, localizada na Comunidade Brejão, no município de Barra do Bugres (168 km a Médio-Norte de Cuiabá), financiou um trator e uma grade aradora com 14 discos. Em parceria com o seu filho, o produtor Everaldo Leandro Gervazoni (31), os equipamentos serão utilizados para recuperação e formação de pastagem e plantio de cana-de-açúcar numa área de 77 hectares.

Com um plantel de 150 cabeças de gado nelore, os produtores no momento estão alugando pastos para manter a atividade. Conforme o produtor Jair, esse recurso do crédito rural que possibilitou a aquisição dos equipamentos chegou em boa hora. “Vamos reformar e recuperar quase toda a área de pastagem que está totalmente degradada, aumentar o plantio de cana-de-açúcar e tratar os animais no cocho. O trabalho manualmente é muito difícil e pagar para terceiros realizar o serviço fica muito caro”, esclarece.

Devido à degradação da pastagem, os produtores gastam R$ 1.400 por mês, com aluguel do pasto para apenas 40 animais. Os produtores comercializam o gado com 36 meses de idade e acima de 16 arrobas para os frigoríficos. Os bezerros são vendidos para os pecuaristas da região com oito a doze meses por R$ 1.900 a unidade. Conforme Everaldo, a intenção é implantar pastos rotacionados até o final de 2020.

O projeto de crédito foi elaborado pelos técnicos da Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural (Empaer). O extensionista da Empaer, Sebastião Lima Soares, fala que os equipamentos vão otimizar a atividade na propriedade e consequentemente aumentar a produtividade. Ele explica que  crédito rural configura  em uma oportunidade para direcionar a assistência técnica. “O recurso por meio do crédito possibilita o desenvolvimento das atividades e a evolução dos produtores”, ressalta.

Plantel de 150 cabeças de gado nelore

O extensionista da Empaer, Irapuan Rodrigues da Silva, destaca que para reverter a situação da pastagem será feito um planejamento forrageiro com a finalidade de dimensionar a quantidade e qualidade de alimentos que serão produzidos na propriedade. A previsão é implantar 12 piquetes rotacionados, duas áreas de alimentação para os animais, plantio de capineira para suplementação do gado no período da seca e outras ações de manejo alimentar do rebanho. “Com isso esperamos intensificar mais a produção, podendo chegar a até quatro Unidades Animal por hectare, evitar o custo de arrendamento e aumentar o volume de venda dos animais”, salienta Irapuan.

Conforme Silva, a técnica de manejo rotacionado permite maior produtividade, facilidade de manejo, controle dos custos e conservação ambiental. A ideia do piquete rotacionado é dividir áreas grandes em pequenas, de acordo com o tempo de descanso, ocupação e a quantidade de animais.  Na área cercada, os animais consomem, em um intervalo de 12 a 36 horas, o capim disponível. No dia seguinte, são conduzidos para o próximo piquete. Enquanto o gado completa o circuito do pasto rotacionado, o capim dos primeiros piquetes se recupera.

O gerente do Banco do Brasil no município, Diego Santos de Jesus participou da entrega dos equipamentos, que foi realizada no mês de julho, no Sítio Santa Maria. “Esse é o primeiro projeto para aquisição de trator e equipamentos de muitos que virão e o Banco irá conduzir com atenção e responsabilidade. A instituição está de portas abertas para os agricultores familiares”, destaca Diego.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
publicidade

Mato Grosso

Nota MT divulga os contemplados dos prêmios especiais de R$ 50 mil

Publicado


.

O Programa Nota MT realizou na manhã desta segunda-feira (21) o sorteio Especial Primavera com premiações de R$ 50 mil. Foram sorteados cinco consumidores, sendo três de Cuiabá, um de Lucas de Rio Verde e um de Várzea Grande, totalizando R$ 250 mil em prêmios.

Os contemplados no Programa são: Dionéia Aparecida Taques Herane, Júlio Nunes da Silva e Túlio Acácio de Souza Oliveira, de Cuiabá; Weslley Alison Moraes Cardozo, de Lucas do Rio Verde; e Paulo Alexandre Gomes Ferreira, de Várzea Grande.  

O secretário adjunto de Administração Fazendária, Kleber Geraldino, coordenou o sorteio que foi transmitido pelas redes sociais do Governo de Mato Grosso e da Sefaz. Durante o evento, ele pediu que os consumidores façam a solicitação da inclusão do CPF na nota de produtos que estão comprando e destacou.

“O Nota MT é um programa importante para toda a sociedade, em que todo mundo ganha. Por isso, pedimos a quem ainda não participa para fazer o cadastro no site ou aplicativo e pedir o CPF nos documentos fiscais, em todas as compras. Aqui na Sefaz os consumidores têm a transparência total dos sorteios que estão sendo realizados e as pessoas que ganham também”.

Na ocasião Geraldino explicou ainda que faltam serem realizados seis sorteios do Nota MT em 2020, incluindo aqueles que não foram realizados no primeiro semestre do ano em virtude da pandemia.

“Nenhum sorteio deixará de ser realizado. Durante a pandemia do coronavírus a Sefaz suspendeu os sorteios por causa da paralisação das extrações da Loteria Federal, porém os bilhetes foram gerados e estamos fazendo os concursos retroativos”.

Conforme calendário divulgado pela Sefaz até o mês de dezembro serão realizados dois sorteios por mês: em outubro serão realizados os sorteios mensais de abril no dia 15 e de setembro no dia 08; em novembro os sorteios mensais de outubro no dia 12 e de maio no dia 19; e em dezembro o sorteio mensal de novembro no dia 10 e o Especial Natal no dia 17.

No sorteio Especial Primavera realizado nesta segunda-feira (21.09) concorreram aos prêmios 4.394.374 bilhetes gerados a partir dos documentos fiscais emitidos entre os dias 01 de junho e 31 de agosto de 2020. Do total de bilhetes, 4.391.045 correspondem a notas fiscais e 3.329 ao bilhete de passagem eletrônico (BP-e).

Golpe

Durante a transmissão do sorteio do Nota MT, o secretário adjunto de Administração Fazendária, Kleber Geraldino também alertou que a sociedade que Secretaria de Fazenda (Sefaz) não encaminha mensagens do tipo SMS ou WhatsApp avisando sobre premiação dos sorteios.  

“A Sefaz não informa nenhum outro meio de comunicação do Nota MT que não seja o site ou aplicativo, ou o e-mail informado no cadastro do usuário”, previne.

O alerta é decorrente de denúncias de alguns cidadãos que receberam um SMS em nome da pasta fazendária, informando que a pessoa foi contemplada com uma premiação do Nota MT. Conforme os relatos, os números que encaminham tais mensagens são com o DDD 65 e também de outros estados.

Kleber explica que em algumas situações pode ocorrer um contato telefônico com os sorteados, mas sempre com a identificação devida do servidor. As ligações são feitas a fim de evitar que o consumidor perca o direito ao prêmio em decorrência de irregularidade. Pela legislação, quem possuir pendências tem 90 dias, a contar da homologação do sorteio, para regularizar sob pena de caducidade da premiação.

Como saber se foi sorteado

Para saber se foi um dos ganhadores do Nota MT, o consumidor pode acessar o site ou aplicativo com o login e a senha de uso pessoal. Na opção sorteios é possível acompanhar as datas dos concursos e ainda fazer o download da lista dos ganhadores e dos bilhetes premiados. É nessa página, também, que é informado se a pessoa foi contemplada ou não em um dos sorteios.

Em caso de dúvidas, o usuário pode entrar em contato com a equipe gestora do Nota MT pelo site ou app, na opção “envie uma mensagem”.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Governador reforça pedido ao Governo Federal de aeronaves e tropas para combater incêndios

Publicado


.

O governador Mauro Mendes reforçou, nesta segunda-feira (21.09), o pedido de aeronaves e tropas militares da Força Nacional de Segurança Pública para auxiliar no combate aos incêndios florestais em Mato Grosso. 

O pedido foi direcionado ao ministro da Justiça e Segurança Pública, André Mendonça.

 A solicitação já havia sido feita pelo governador ao ministro na semana passada, por telefone, e foi prontamente acatada. O documento visa formalizar o pedido, que também havia sido feito pelo secretário de Estado de Segurança Pública, Alexandre Bustamante, em agosto. 

No ofício, o governador explicou que o Pantanal é um local de grande importância ecológica por abrigar muitas espécies de peixes e aves aquáticas.

“Maior planície alagável do mundo com 230.000 km², que recebeu da Unesco os títulos de Reserva da Biosfera e Patrimônio Natural da Humanidade, o Pantanal impressiona pela diversidade de fauna e flora”, afirmou. 

Mauro Mendes ressaltou que Mato Grosso tem enfrentado uma das piores ondas de incêndios dos últimos anos, atingindo cerca de 20% do pantanal mato-grossense, fato que levou o Governo do Estado a decretar a situação de emergência.

“Objetivando evitar um prejuízo ainda maior do que o já causado em nosso Estado, e ao Brasil, solicito o apoio da Força Nacional de Segurança Pública, com a disponibilização de aeronaves especializadas e profissionais qualificados para, em apoio aos que já atuam na região, auxiliem no controle dos focos de incêndio e extinção das queimadas, sob Coordenação do Comitê Multiagências de Coordenação Operacional (CIMAN/MT)”, ressaltou.

Combate aos incêndios

O Governo do Estado tem atuado forte no combate aos incêndios florestais desde março, quando foi lançado o Plano de Ação contra o Desmatamento Ilegal e Incêndios Florestais em Mato Grosso.

Já foram mais de R$ 22 milhões investidos de recursos próprios, contando com 40 equipes espalhadas por todo o estado para o combate ao fogo, seis aeronaves, três helicópteros e mais de 2500 profissionais envolvidos, desde bombeiros militares, voluntários, integrantes da Defesa Civil e do Exército.

Porém, em virtude das condições climáticas desfavoráveis, como a baixa umidade e falta de chuvas há cerca de 120 dias, o Governo de Mato Grosso tem buscado novas parcerias para minimizar os impactos do fogo para o meio ambiente e qualidade de vida do cidadão.

A pedido do governador, o Governo Federal garantiu o repasse de mais R$ 10 milhões e o envio de agentes das forças de segurança nacional para reforçar o combate aos incêndios.

O Governo de Mato Grosso, neste ano, já aplicou mais de R$ 190 milhões em multas por uso irregular do fogo. 

Leia a íntegra do documento:

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Seis pessoas são presas neste domingo em Operação Lei Seca

Publicado


.

A oitava edição da Operação Lei Seca, realizada na noite deste domingo (20.09), em Várzea Grande, terminou com seis prisões por embriaguez ao volante. Esta foi a segunda edição após a retomada das atividades, que estavam suspensas desde março em virtude da pandemia.

Ao todo, foram realizados 84 testes de alcoolemia e 28 Autos de Infração de Trânsito (AITs). Grande parte deles – 11 AITs – foram lavrados por condução de veículo sob efeito de álcool, sete por conduzir veículo sem habilitação, sete por dirigir veículo registrado sem estar licenciado e três por motivos diversos.

Durante a operação houve também a remoção de 17 veículos, sendo 12 carros e cinco motocicletas. A ação começou às 18h e terminou com a remoção dos veículos por volta das 20h40.

A Operação Lei Seca é coordenada pelo Gabinete de Gestão Integrada (GGI) da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT) e nesta edição contou com a Polícia Militar (PMMT), por meio do Batalhão de Trânsito; Polícia Judiciária Civil (PJC-MT), por meio da Delegacia Especializada em Delitos de Trânsito (Deletran); Departamento Estadual de Trânsito (Detran-MT); Sistema Penitenciário por meio do Serviço de Operações Especiais (SOE); Polícia Rodoviária Federal (PRF) e Guarda Municipal de Várzea Grande.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Nova Xavantina

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana