conecte-se conosco


Nacional

Rachadinha: mulher de Queiroz ajudou a desviar R$ 1,1 milhão da Alerj, diz MP

Publicado


source
queiroz e esposa
Reprodução

Esposa de Queiroz, Márcia Aguiar ajudou a desviar R$ 1,1 milhão do gabinete de Flávio Bolsonaro, segundo o MP

Márcia Aguiar, esposa do ex-assessor Fabrício Queiroz, ajudou a desviar R$ 1,1 milhão da Assembleia Legislativa do Rio (Alerj), por meio do  esquema de rachadinhas no gabinete de Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ), filho do presidente Jair Bolsonaro e hoje senador, aponta o Ministério Público do Rio de Janeiro em denúncia apresentada à Justiça. As informações são do jornal O Estado de S.Paulo .

A Promotoria estima que, do total de R$ 1,1 milhão, a esposa de Queiroz tenha usado R$ 868 mil para abastecer a suposta organização criminosa liderada por Flávio Bolsonaro, no esquema das rachadinhas.

Alvo de prisão preventiva em julho, Márcia Aguiar não foi encontrada pela polícia e ficou 22 dias foragida. Enquanto o marido foi achado em Atibaia, sua esposa só reapareceu após liminar do presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), João Otávio de Noronha, garantir que ela cumpriria prisão domiciliar ao lado do marido, em apartamento de luxo no Rio de Janeiro, na zona oeste da cidade.

A investigação também já descobriu seis cheques depositados das contas de Márcia em favor da primeira-dama Michelle Bolsonaro . As transações, ocorridas em 2011, somam R$ 17 mil. A denúncia oferecida contra a esposa de Queiroz, no entanto, não cita esses repasses à Michelle.

O MP inclui Márcia no “núcleo executivo” do esquema de rachadinhas, que é composto por funcionários “fantasmas” do gabinete de Flávio Bolsonaro , que recebiam salário sem bater ponto na Assembleia do Rio, ou seja, sem trabalhar. Esse “núcleo executivo” teria desviado R$ 6,1 milhões da Alerj, sendo que R$ 2,079 milhões foram repassados diretamente a Queiroz, segundo a investigação.

De acordo com a Promotoria, o dinheiro foi desviado em 268 pagamentos feitos pela Assembleia divididos entre os 127 meses que a esposa de Queiroz atuou como “assessora fantasma” de Flávio Bolsonaro, entre abril de 2007 a dezembro de 2017. O MP diz que, assim que Márcia recebia o salário, repassava a maior parte ao seu marido.

“O cruzamento de dados entre os débitos na conta de Márcia Aguiar e os créditos na conta de Fabrício Queiroz possibilitou identificar ao menos 63 operações em que os valores sacados pela ‘assessora fantasma’ foram acolhidos na conta do operador da organização criminosa”, disse o MP.

A defesa de Flávio Bolsonaro diz que a acusação é uma “crônica macabra e mal engendrada influenciada por grupos que têm claros interesses políticos”. O advogado de Queiroz, Paulo Emílio Catta Preta, afirma que fará “impugnação das provas acusatórias e produção de contraprovas que demonstrarão a improcedência das acusações e, logo, a sua inocência”.

Encontro entre desembargador do caso e Jair Bolsonaro

Nesta sexta-feira (20), o pai de Flávio, presidente Jair Bolsonaro, se reuniu com Bernardo Moreira Garcez Neto, corregedor-geral do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro e desembargador do caso das rachadinhas, e eles conversaram por cerca de duas horas no Palácio do Planalto.

Integrante do Órgão Especial do TJ-RJ, o desembargador fará parte da decisão de aceitar ou não a denúncia contra Flávio Bolsonaro no caso das rachadinhas. Após encontro com o presidente da República, Garcez Neto não atendeu à imprensa e chegou a se esconder atrás de uma pilastra para não ser abordado pelos jornalistas presentes.

“Não foram tratados assuntos relacionados a processos judiciais” no encontro, de acordo com o TJ. A versão do desembargador é que ele e o presidente falaram sobre “registros de propriedades” por duas horas.

Comentários Facebook
publicidade

Nacional

Suspeito de matar a companheira, homem bate o carro e morre ao tentar fugir

Publicado


source
Suspeito de matar a companheira morreu em acidente de carro na sequência
Reprodução PRF

Suspeito de matar a companheira morreu em acidente de carro na sequência

Um homem de 54 anos morreu após um acidente de carro no último domingo (29) após o veículo bater contra uma árvore e pegar fogo em uma rodovia no Paraná. O motorista moreu carbonizado, e segundo informações, ele fugia após matar a companheira, de 25 anos.

O casal estava em uma casa noturna, quando começaram a discutir. Segundo testemunhas, em dado momento, o homem sacou uma arma e disparou duas vezes contra a jovem , que chegou a ser atendida pelo Samu, mas ela não resistiu e morreu no local.

A polícia militar soube do acidente do suspeito enquanto atendia a ocorrência do crime. O carro do suspeito ficou completamente destruído .



Comentários Facebook
Continue lendo

Nacional

Governo de SP se reúne com cidades que registraram salto nos casos de Covid-19

Publicado


source
João Doria
Reprodução

Governo de São Paulo vai se reunir com prefeitos de 62 cidades

O Governador de São Paulo, João Doria (PSDB), confirmou uma videoconferência na terça-feira (1) com 62 prefeitos de cidades de São Paulo que apresentaram maiores taxas de aumento de internação e ocupação de leitos por pacientes contaminados pelo coronavírus. O objetivo é discutir medidas adicionais e conjuntas de controle da pandemia diante do aumento de 12% no número de óbitos causados pela Covid-19.

“Faremos essa reunião com os 62 prefeitos com o objetivo de melhorar o controle da pandemia nesses municípios e oferecer a eles, se necessário, apoio para que possam proceder com as orientações do Governo de São Paulo”, afirmou Doria. Nesta segunda-feira, o governador anunciou o recuo de 100% do estado para a fase amarela do Plano São Paulo, com maiores restrições.

Os municípios destacados possuem mais de 70 mil habitantes e apresentam, segundo última atualização realizada em 28 de novembro, ocupação média de leitos acima de 75% ou aumento de internações em mais de 10%, na comparação dos últimos sete dias com o mesmo período anterior.

As cidades em alerta para reforço no controle da pandemia são:

1. Americana
2. Araraquara
3. Araras
4. Arujá
5. Atibaia
6. Barretos
7. Barueri
8. Bauru
9. Bebedouro
10. Caçapava
11. Caieiras
12. Caraguatatuba
13. Carapicuíba
14. Catanduva
15. Cosmópolis
16. Cubatão
17. Diadema
18. Embu das Artes
19. Ferraz de Vasconcelos
20. Franca
21. Francisco Morato
22. Franco da Rocha
23. Guaratinguetá
24. Guarujá
25. Guarulhos
26. Indaiatuba
27. Itanhaém
28. Itapecerica da Serra
29. Itapetininga
30. Itapeva
31. Itapevi
32. Itapira
33. Itaquaquecetuba
34. Itatiba
35. Jaboticabal
36. Jacareí
37. Jandira
38. Leme
39. Lins
40. Mairiporã
41. Marília
42. Mogi das Cruzes
43. Mogi Guaçu
44. Ourinhos
45. Paulínia
46. Pindamonhangaba
47. Piracicaba
48. Poá
49. Presidente Prudente
50. Ribeirão Pires
51. Salto
52. Santa Bárbara d’Oeste
53. Santana de Parnaíba
54. São Carlos
55. São José dos Campos
56. Sorocaba
57. Sumaré
58. Suzano
59. Taubaté
60. Ubatuba
61. Valinhos
62. Votorantim

Comentários Facebook
Continue lendo

Nacional

Idosa passa mal e para na UTI ao ser acusada de furtar chinelo em supermercado

Publicado


source
foto da idosa sorrindo
Arquivo pessoal

Milta fazia compras com os filhos e neta quando foi acusada de ter furtado um par de chinelos

No Distrito Federal , uma mulher de 75 anos foi acusada de furtar um par de chinelos em um supermercado , passou mal e está internada em estado grave em unidade de terapia intensiva (UTI). As informações são do jornal  Correio Braziliense .

O caso aconteceu no último sábado (28). Segundo a publicação, Milta de Jesus Oliveira, duas filhas e um neto estavam no mercado fazendo compras para celebrar o aniversário da idosa nesta segunda (30). Após a acusação, a mulher se sentiu mal e foi levada a uma unidade pública de saúde pelos familiares.

De acordo com a neta de Milta, Sandrine Oliveira, enquanto a família fazia as compras, surgiu o boato de que uma pessoa havia calçado um par de sandálias e saído da loja sem pagar. As características da autoria do furto informadas ao mercado eram da avó de Sandrine, que teria passado a ser monitorada pelos seguranças.

Conforme o jornal, no momento de efetuar o pagamento da compra, a atendente abordou a senhora de maneira brusca e a acusou de ter furtado os chinelos que ela usava, segundo a família. Milta negou e disse que o calçado era dela. Sua neta o comprou meses atrás. Outros clientes que estavam no local protestaram contra a abordagem e se formou uma confusão.

Depois disso, os funcionários checaram as câmeras de segurança e constataram que Milta dizia a verdade, pediram desculpas e ofereceram água à mulher. No entanto, após o desgaste emocional, a idosa passou mal e queixou-se de dor no peito, ânsia de vômito e fadiga.

A família a levou direto para uma unidade de pronto-atendimento. “Acho que é um despreparo dos funcionários, as palavras que foram usadas. Acontece que esse despreparo resulta em uma fatalidade”, disse Sandrine.

Posição do supermercado

O caso aconteceu na Super Adega do Jardim Botânico. O mercado foi procurado pelo Correio Braziliense, mas informou que vai publicar uma nota sobre o caso, ainda nesta segunda (30), por meio das redes sociais. A rede ainda afirmou que acompanhou e prestou os atendimentos necessários a Milta desde o início, além de conseguir uma vaga na UTI para a idosa.

A família registrou um boletim de ocorrência na delegacia de São Sebastião, e o delegado responsável pelo caso informou que vai se manifestar sobre as investigações em breve.

Comentários Facebook
Continue lendo

Nova Xavantina

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana