conecte-se conosco


Mato Grosso

Sábado (01): Mato Grosso registra 53.151 casos e 1.876 óbitos por Covid-19

Publicado


.

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde deste sábado (01.08), 53.151 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 1.876 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado e 34 mortes nas últimas 24 horas. 

Foram registradas 1.073 novas confirmações de coronavírus no Estado. Dos 53.151 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 18.339 estão em monitoramento e 32.936 estão recuperados. 

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 329 internações em UTIs públicas e 300 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está em 88,52% para UTIs adulto e em 33,94% para enfermarias adulto.

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19, estão Cuiabá (11.686), Várzea Grande (4.204), Rondonópolis (3.290), Lucas do Rio Verde (2.860), Tangará da Serra (2.322), Sorriso (2.114), Sinop (2.077), Primavera do Leste (1.798), Nova Mutum (1.461) e Pontes e Lacerda (936). 

A lista detalhada com todas as cidades que já registraram casos da Covid-19 em Mato Grosso pode ser acessada no Boletim anexado ao final desta matéria. 

O documento ainda aponta que um total de 48.051 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 4.351 amostras em análise laboratorial. 

Mais informações estão detalhadas na Nota Informativa divulgada diariamente pela SES disponível neste link, a partir das 17h.

Cenário nacional

Neste sábado (01), o Governo Federal confirmou 2.707.877 casos da Covid-19 no Brasil e 93.563 óbitos oriundos da doença. No levantamento do dia anterior, o país contabilizava 92.475 óbitos e 2.662.485 casos confirmados de pessoas infectadas pelo coronavírus. 

Recomendações

Atualmente, não existe vacina para prevenir a infecção pelo novo coronavírus. A melhor maneira de prevenir a infecção é evitar ser exposto ao vírus. Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca do novo coronavírus. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo coronavírus. Entre as medidas estão:

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;

– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;

– Evitar contato próximo com pessoas doentes;

– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;

– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
publicidade

Mato Grosso

Live sobre carreira de gestor governamental abre programação de 20 anos nesta terça (22)

Publicado


.

A celebração dos 20 anos da carreira de gestor governamental tem início nesta terça-feira (22), as 10h, com a live “Carreira de Gestores Governamentais de MT”. O evento é realizado pela Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag-MT) e Associação dos Gestores Governamentais do Estado de Mato Grosso (AGGEMT) e abre a programação que segue até dezembro.

Participam da transmissão ao vivo o Secretário de Planejamento e Gestão,  Basílio Bezerra, que fará a abertura, o Gestor Governamental, Vinícius Carvalho, que tratará sobre o “Histórico da carreira de Gestor Governamental em Mato Grosso”, a gestora governamental, Regiane Berchieli, com o tema “A carreira na atualidade”, e o presidente da Associação dos Gestores Governamentais em Mato Grosso (AGGEMT), Agno Vasconcelos.

A transmissão ocorrerá pelo canal da Seplag-MT no YouTube  e pela fanpage da AGGEMT.

Programação

Em outubro será realizada a live “As carreiras do Ciclo de Gestão no Brasil”, que contará com a participação de representantes da Federação Nacional de Carreiras de Gestão de Políticas Públicas (Fenagesp), da Coordenação dos Especialistas em Políticas Públicas e Gestão Governamental do Governo Federal, da Associação dos Gestores Governamentais do Estado da Bahia (AGGEB) e do Sindicato dos Especialistas em Políticas Públicas e Gestão Governamental de Minas Gerais (Sindesp).

Para as transmissões que ocorrerão em novembro e dezembro estão previstas as participações de representantes da Confederação Nacional das Carreiras e Atividades Típicas de Estado (Conacate), da Associação Nacional dos Especialistas em Políticas Públicas e Gestão Governamental (Anesp), e da professora doutora da Fundação Getúlio Vargas (FGV), Gabriela Lotta.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Polícia Civil solicita boletins de qualidade do ar para apurar possível crime de poluição atmosférica

Publicado


.

A Delegacia Especialidade de Meio Ambiente da Polícia Civil de Mato Grosso solicitou às prefeituras de cidades onde houve incidência de queimadas o boletim de qualidade do ar, que é emitido pelos órgãos municipais. O objetivo da delegacia é avaliar o impacto das queimadas na qualidade do ar e apurar o possível crime de poluição atmosférica.

A delegada titular da Dema, Alessandra Saturnino de Souza Cozzolino, explica que a requisição dos boletins foi feita às prefeituras de municípios onde ocorreram incêndios que são objeto de investigação da delegacia.

“A partir das informações do boletim e com as investigações que estão em andamento vamos verificar se e quanto os incêndios florestais contribuíram para afetar a qualidade do ar nessas cidades e consequentemente averiguar o possível crime de poluição, também previsto na legislação ambiental”, pontua a delegada.

Inquéritos instaurados pela Delegacia de Meio Ambiente, que tem atribuição investigativa de delitos ambientais em todo o estado, apuram as ocorrências de incêndios florestais nas regiões do Pantanal, que engloba áreas de vários municípios, e tem reflexos em outras cidades, e também na Capital e outras cidades da região metropolitana.

Na Reserva Particular do Patrimônio Natural Sesc Pantanal (RPPN), a delegacia investiga a causa do incêndio que está sendo apurada como queima intencional de vegetação desmatada para criação de área de pasto para gado.

Outra ocorrência foi na fazenda Espírito Santo, também no Pantanal. Um relatório do Corpo de Bombeiros aponta que o incêndio teve início em uma área próxima à estrada de acesso ao Sesc Pantanal, causado por uma máquina agrícola que fazia limpeza no local e pegou fogo.

Na Rodovia Transpantaneira, que passa por toda a região, aproximadamente seis mil hectares foram queimados por um incêndio que começou em decorrência de um acidente automobilístico. Um veículo perdeu o controle na cabeceira de uma das pontes da rodovia, caiu no barranco e pegou fogo.

Na região da Fazenda São José, conforme o levantamento do Corpo de Bombeiros, o fogo começou devido à prática utilizada para a retirada de mel de abelhas silvestres, em uma região de mata fechada conhecida como Moitão. Vestígios encontrados indicam a queima de raízes para o uso de fumaça a fim de retirar os favos de mel.

Outra ocorrência em investigação pela Dema é de um incêndio que se alastrou em uma área residencial em Cuiabá, próximo à Rodovia Helder Cândia (MT-010). A apuração aponta que o incêndio se propagou após faísca na fiação elétrica de alta tensão.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Governo finaliza construção de pontes de concreto e melhora logística no Médio-Norte

Publicado


.

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra), concluiu a construção de duas pontes de concreto nas rodovias MT-490 e MT-222, nos municípios de Sorriso (340 km de Cuiabá) e Sinop (480 km de Cuiabá), região Médio-Norte de Mato Grosso.

As obras vão melhorar a logística do escoamento da produção de grãos da região, que é grande produtora de milho e soja, além de ser referência em plantas de etanol de milho, agroindústrias e distribuidoras de insumos agrícolas.

Em Sorriso, foi concluída a ponte de concreto na MT-490, sobre o Rio Teles Pires V, com 183 metros de extensão. A ponte interliga a comunidade de São Luiz Gonzaga à Linha Morocó, sentido município de Nova Ubiratã. O investimento total foi de R$ 8,8 milhões. 

Ponte sobre o Rio Verde, em Sinop

Já em Sinop, a ponte de concreto foi construída sobre o Rio Verde e tem 181 metros de extensão. Foram investidos R$ 9,2 milhões nesta obra, que permitirá a ligação de Sinop até a região conhecida como Alto Rio Branco, em direção à cidade de Ipiranga do Norte.

De acordo com o secretário de Estado de Infraestrutura e Logística, Marcelo de Oliveira, as obras são fundamentais, pois substituem as pontes de madeira, que são consideradas obstáculos para a infraestrutura, logística e o progresso de Mato Grosso.

“São obras importantes. Sempre considero pontes de madeira um obstáculo ao desenvolvimento do Estado – e o governo Mauro Mendes está substituindo vários desses obstáculos que interferem diretamente na produção, no direito de ir e vir, no transporte escolar e na gestão da saúde, por exemplo”, disse o secretário.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Nova Xavantina

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana