conecte-se conosco


Mato Grosso

Sábado (04): Mato Grosso registra 20.333 casos e 786 óbitos por Covid-19

Publicado


.

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde deste sábado (04.07), 20.333 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 786 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado.

As 45 mortes mais recentes envolveram residentes de Cuiabá, Barão de Melgaço, Várzea Grande, Rondonópolis, Nova Olímpia, Sorriso, Cáceres, Belém (PA), Parauapebas (MA), Novo Progresso (PA), Sinop, Itaúba, Dom Aquino, Campo Verde, Querência, Pontes e Lacerda, Barra do Garças, Sapezal, Pedra Preta e Lucas do Rio Verde.

Dentre os 20 municípios com maior número de casos de Covid-19, estão Cuiabá (4.755), Várzea Grande (1.533), Rondonópolis (1.413), Sorriso (905), Lucas do Rio Verde (861),  Primavera do Leste (773), Tangará da Serra (722), Sinop (547), Nova Mutum (502), Pontes e Lacerda (474), Campo Verde (400), Cáceres (362), Confresa (331), Barra do Garças (268), Colíder (252), Sapezal (250), Campo Novo do Parecis (248), Querência (239), Matupá (223) e Peixoto de Azevedo (208).

A lista detalhada com todas as cidades que já registraram casos da Covid-19 em Mato Grosso pode ser acessada no Boletim anexado ao final desta matéria.

Nas últimas 24 horas, surgiram 797 novas confirmações no Estado. A área técnica  esclareceu ainda que foram corrigidas quatro ocorrências de duplicidade no sistema. Além disso, um caso anteriormente notificado em Sinop foi reposicionado para Cuiabá; e outro de Rondonópolis foi corrigido para Sapezal. As mudanças consideraram o município de residência dos pacientes.

Dos 20.333 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 10.661 estão em isolamento domiciliar e 8.133 estão recuperados. Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 226 internações em UTI e 327 em enfermaria. Isto é, a taxa de ocupação está em 94,2% para UTIs e em 48% para enfermarias.

Considerando o número total de casos em Mato Grosso, 51,1% dos diagnosticados são do sexo feminino e 48,9% masculino; além disso, 5.462 pacientes têm faixa-etária entre 31 a 40 anos. O documento ainda aponta que um total de 22.727 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 1.486 amostras em análise laboratorial.

Os pacientes são devidamente acompanhados pelas equipes de Vigilância Epidemiológica do Estado e dos municípios. Mais informações estão detalhadas na Nota Informativa divulgada diariamente pela SES disponível neste link, a partir das 17h.

Cenário nacional

Neste sábado (04), o Governo Federal confirmou 1.577.004 casos da Covid-19 no Brasil e 64.265 óbitos oriundos da doença. No levantamento do dia anterior, o país contabilizava 63.174 óbitos e 1.539.081 casos confirmados de pessoas infectadas pelo coronavírus.

Recomendações

Atualmente, não existe vacina para prevenir a infecção pelo novo coronavírus. A melhor maneira de prevenir a infecção é evitar ser exposto ao vírus. Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca do novo coronavírus. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo coronavírus. Entre as medidas estão:

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;

– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;

– Evitar contato próximo com pessoas doentes. Ficar em casa quando estiver doente;

– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;

– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
publicidade

Mato Grosso

Municípios do Noroeste receberam 19 mil testes rápidos do Governo de MT

Publicado


.

O Governo de Mato Grosso enviou 93,2 mil testes rápidos de covid-19 para os 12 municípios que compõem a região Noroeste do estado, a exemplo de Colniza, Juara e Juína (veja a lista completa ao final da matéria).

Todos os testes já foram recebidos pelas prefeituras, que devem encaminhá-los para a atenção básica de Saúde. No total, o Estado adquiriu 400 mil testes rápidos, sendo que 300 mil estão sendo distribuídos para os 141 municípios de Mato Grosso.

Os outros 100 mil estão à disposição do Centro de Triagem Covid-19, na Arena Pantanal, e dos hospitais administrados pelo Executivo. Além destes, mais 100 mil testes foram doados por uma empresa.

“Sabemos que há uma dificuldade muito grande dos municípios para a aquisição, e por isso o Estado têm dado mais essa contribuição”, afirmou o governador Mauro Mendes.

O governador ressaltou que a testagem auxilia as pessoas com sintomas leves a iniciarem o tratamento de forma precoce. A base de cálculo usada para a distribuição é de 8,5% da população de cada município.

“Com o teste rápido disponível já na UPA, na policlínica ou no PSF, o paciente que estiver contaminado já consegue descobrir a doença no início e partir para o tratamento precoce. Isso evita que a situação se agrave e ele venha a precisar de uma UTI. É uma ferramenta que ajuda a salvar vidas”, destacou.

Para o secretário de Estado de Saúde, Gilberto Figueiredo, a iniciativa é uma forma do Governo de Mato Grosso incentivar a testagem e reforçar a atuação da atenção primária à Saúde, “que é uma responsabilidade dos municípios”.

“Além de fornecer testes, o Estado também atua fortemente no Centro de Triagem da Covid-19, que amplia consideravelmente o número de diagnósticos realizados da Baixada Cuiabana e facilita o acesso ao tratamento precoce”, pontuou Figueiredo.

Os testes adquiridos pelo Governo custaram até 11 vezes mais baratos que os adquiridos em outros estados. Enquanto os preços praticados nos demais estados variaram entre R$ 55 a R$ 199 por cada teste, o Governo de Mato Grosso conseguiu adquirir diretamente de uma fabricante chinesa por U$S 3 dólares, ou seja, R$ 17,83, considerando frete e o valor do dólar pago nas aquisições.

Confira a quantidade distribuída para cada um dos 12 municípios da região noroeste:

MUNICÍPIO

TESTES DISTRIBUÍDOS

ARIPUANÃ

1.900

BRASNORTE

1.675

CASTANHEIRA

750

COLNIZA

3.275

COTRIGUAÇU

1.675

JUARA

2.975

JUÍNA

3.475

JURUENA

1.350

NOVO HORIZONTE DO NORTE

350

PORTO DOS GAÚCHOS

450

RONDOLÂNDIA

350

TABAPORÃ

800

TOTAL

19.025

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Sesp deflagra operação integrada para combater crimes no Nortão

Publicado


.

A Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT) deflagrou, na manhã desta terça-feira (04.08), no município de Feliz Natal (a 538 km ao Norte de Cuiabá), uma operação integrada para combater os crimes ambientais na região. As ações se concentram nas zonas urbana e rural da cidade e contempla as localidades de Entre Rios e Santa Terezinha, distritos do município de Nova Ubiratã.

Uma das frentes do trabalho repressivo de segurança pública é o combate de extração ilegal de madeira, contudo, outras atividades visam também o enfrentamento aos crimes de homicídio, roubo, furto e tráfico de drogas nos bairros de Feliz Natal e nos distritos de Nova Ubiratã.

Devido a posição geográfica de Feliz Natal, que faz parte da Amazônia Legal, com grande potencial de exploração da madeira, nos últimos anos houve grande fluxo de pessoas e houve também fomento da prática de extração ilegal de madeira no Assentamento Ena, o que vem causando aumento de outros crimes como roubo ao patrimônio não só na cidade, como na zona rural, especialmente nas fazendas, além do tráfico e homicídios.

A operação denominada “Repressão Feliz Natal” foi deflagrada pela adjunta de Integração Operacional (Saiop), da Sesp e é coordenada pela Região integrada de Segurança Pública (Risp 3), de Sinop.

Integram a operação, os profissionais da Polícia Militar (PM), Polícia Judiciária Civil (PJC), Corpo de Bombeiros Militar (CBM), Politec, Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer), Sistema Penitenciário, Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema) e o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama).

Até agora foram apreendidos arma de fogo, 10 munições, além de vários materiais de pesca predatória como espinhel, tarrafa, rede e outros materiais e a localização de vários pontos de desmate ilegal dentro da reserva do Assentamento Ena.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Cão fareja droga e mulher é presa tentando ingressar com ilícitos em presídio

Publicado


.

Cão farejador da Penitenciária da Mata Grande, em Rondonópolis, alertou aos policiais penais que havia algo de errado no ventilador que era entregue por uma mulher nesta terça-feira (04.08), dia em que familiares podem levar roupas e objetos de higiene aos recuperandos da unidade.

Por volta das 8h30, uma mulher chegou na unidade com o ventilador e ficava o tempo todo mexendo no próprio celular. Quando o cão fez o alerta, os policiais penais desmontaram o ventilador e encontraram duas porções de maconha, 1 celular dual chip, bateria e carregador.

A mulher e os objetos aprendidos foram encaminhados para a delegacia de Polícia. Já o recuperando de 20 anos, que iria receber o material ilícito foi encaminhado para a ala de segurança da unidade.

A presença dos cães farejadores tem ajudado a Polícia Penal a flagrar a tentativa de ingressar com materiais ilícitos na unidade.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Nova Xavantina

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana