conecte-se conosco


Mato Grosso

Seduc vai entregar kits para reforçar escolas indígenas estaduais

Publicado


As 71 escolas indígenas da rede estadual de ensino serão contempladas com um “kit utensílio” com 27 itens para a cozinha das unidades escolares, passando por materiais para os alunos E para o imóvel. Serão 99 kits que atenderão também as salas anexas das escolas indígenas. O anúncio foi feito durante o Encontro de Diretores das Escolas Estaduais Indígenas, realizado no Hotel Fazenda em Cuiabá, pela Secretaria de Estado de Educação (Seduc).

Segundo o secretário Adjunto Executivo Alan Porto, a aquisição está na fase de formação de preços na Superintendência de Aquisições (Suaq) da Seduc e o prazo para a entrega, sem intercorrências, é de 100 dias.

“Esse prazo de 100 dias se encerra no início de junho. É o tempo de estar chegando nas escolas indígenas. E se a escola tiver salas anexas, vai receber mais de um kit”, destaca.

Além do kit, Alan Porto anunciou o repasse do recurso complementar de cerca de R$ 6.100 para cada escola. Esse montante não impede a unidade escolar solicitar também a verba emergencial.

“Apesar de nossas escolas indígenas serem um desafio de logística, vamos entregar no prazo. Para chegar em algumas unidades escolares, além do asfalto, utilizamos estrada de chão e também navegação fluvial”, assinala.

O anúncio foi bem recebido pelos diretores. É o caso do diretor Nilson do Carmo Kayabi, da EEI Juporijup, no município de Juara (a 709 quilômetros a médio-norte da Capital), que ficou satisfeito ao saber que está na lista dos contemplados.

“Esse kit será de suma importância para nossa escola, pois teremos um atendimento melhor para nossos alunos. Agora já temos onde servir a alimentação escolar”, comemora.

O assessor pedagógico Vanderlei Carvalho, do município de Juara (a 709 quilômetros a médio-norte da Capital) acredita que os kits vão refletir no trabalho dos professores e no aprendizado dos alunos. “A alimentação escolar flui para o aprendizado. Com os kits, o resultado será o melhor possível”, frisa.

Vanderlei lembra que as escolas colocam esse material no plano de ação, mas nunca chegam às escolas. “Com a garantia da entrega, vai dar uma alavancada no trabalho, desde o administrativo ao pedagógico, um reforço no aprendizado”, explica.

Kit completo

Para o kit utensílio, as escolas indígenas receberão bacia, caldeirão, canecões, assadeiras, canecas, panelas, colheres entre outros.

Dentro desse kit, haverá também conjuntos da alimentação escolar para os alunos: garfo, cumbuca e caneca, todos em polipropileno. Algumas escolas receberão também bebedouro e ventiladores.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
publicidade

Mato Grosso

Corpo de Bombeiros Militar realiza ações em diversos municípios para conter o avanço do coronavírus

Publicado


.

O Corpo de Bombeiros Militar de Mato Grosso está funcionando normalmente em suas funções operacionais para garantir a segurança da população de todo o Estado, na fase de resposta ao Covid-19. Além disso o CBM está atuando em parceria com as instituições de Segurança e Saúde Públicas para orientar e alertar a população sobre os riscos de contaminação. A principal delas é a importância do isolamento social, de forma a evitar a propagação do vírus.

Guarantã do Norte

O Núcleo de Bombeiros Guarantã do Norte, juntamente com a Polícia Militar, Polícia Judiciária Civil e Vigilância Sanitária, realizou, na noite de domingo (22/03) ações de orientação à população sobre a importância do isolamento social para evitar a propagação do coronavírus. Foram fechados bares, pizzarias e demais locais com aglomeração de pessoas em respeito ao decreto municipal que busca reduzir a aglomeração e circulação de pessoas.

Sinop

Durante o fim de semana, viaturas do Corpo de Bombeiros Militar em Sinop fizeram ronda pela cidade alertando a todos para ficarem em casa. E a partir desta segunda (23/03) às 13h30, ocorreu o alerta feito de forma integrada com as forças de segurança e de saúde pública do município. O CBM irá realizar a fiscalização do comércio no cumprimento do decreto municipal, exceto os considerados essenciais. A ação foi iniciada pelo 3º Comando Regional do CBM em Nova Mutum, depois Sinop e será desencadeada nas demais unidades do 3º CRBM.

Colíder

O Corpo de Bombeiros Militar em Colíder (12ª CIBM) realizou no dia 21 um comunicado aos cidadãos do município com o objetivo de conscientizar as pessoas para que permaneçam em suas residências. Os atendimentos continuam normalmente durante o período de isolamento e os cidadãos podem acionar o CBM pelo telefone 193.

Tangará

Em Tangará da Serra estão sendo realizadas diversas ações buscando deter a contaminação da população pelo coronavírus. No sábado foi dado início à realização de barreiras sanitárias nos principais acessos do município, quando a Companhia esteva presente com uma equipe no principal acesso à cidade.

A prefeitura municipal decretou toque de recolher a partir das 20h, de domingo (22/03) a quinta-feira (26). A partir desse horário não será permitida a permanência de qualquer pessoa nas ruas, exceto aquelas que estiverem envolvimento direto na prevenção e combate à pandemia. Os trabalhadores do comércio de bens essenciais também estão autorizados a funcionar até as 20 horas, para tanto devem comprovar a necessidade de deslocamento.

A orientação à população chega por carros de som em todos os pontos da cidade e durante as abordagens. O Corpo de Bombeiros Militar continua em prontidão para orientar a população a ficar em casa, nesse momento o isolamento social é o melhor remédio.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Dois donos de bares foram conduzidos à delegacia para evitar aglomeração de pessoas

Publicado


.

Policiais militares de Rondonópolis, Pontes de Lacerda e Cuiabá  atenderam no sábado e domingo (21 e 22.03), quatro ocorrências do não cumprimento das orientações para evitar aglomeração de pessoas e a contaminação do conoravírus. 

Na primeira, no bairro Jardim Eldorado, em Rondonópolis, os policiais foram acionados por meio de denúncia de que um bar estaria vendendo bebida e teria pessoas aglomeradas. No local, os policiais falaram com o proprietário que foi conduzido à delegacia.

Ainda em Rondonópolis, os policiais estavam em ronda quando viram várias motocicletas na frente de um bar, na área central, com a porta fechada. Os agentes perceberam que várias pessoas estavam no estabelecimento. O proprietário foi conduzido à delegacia.  

Em Pontes de Lacerda, os policiais estavam em ronda para evitar a aglomeração de pessoas, na área central quando viram que em uma residência acontecia uma festa de aniversário com mais de 40 pessoas. Os militares conversaram com os proprietários do imóvel, que prontamente cancelaram a festividade.

Na capital, no bairro Jardim Atalaia, os policiais em patrulhamento conversaram com a proprietária de uma lanchonete sobre a importância de fechar o estabelecimento e a solicitação foi atendida.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

PM fecha bar com 10 pessoas e idoso é conduzido

Publicado


.

Nesta segunda-feira (23.03) a Polícia Militar fechou um bar e conduziu até a delegacia um homem de 74 anos de idade por desobediência, em Rondonópolis. O idoso mantinha 10 clientes em seu estabelecimento, que não podia ficar aberto, como determinam as medidas de emergência de saúde pública adotadas pelo Estado e pelo município em decorrência da pandemia do novo coronavírus.

Durante rondas na Avenida Daniel Clemente, policiais chamaram a atenção do proprietário de um bar pela segunda vez, porém o homem e os clientes insistiram em não cumprir a lei.

A equipe de policiais acionou a Vigilância Sanitária e conduziu o idoso para a delegacia para prestar esclarecimentos. Com o idoso, que pertence ao grupo de risco da pandemia, os policiais também encontraram a quantia de R$ 3 mil  oriundos do funcionamento do bar.

Apenas na manhã desta segunda-feira ( 23.03) a Policia Militar de Rondonópolis visitou mais de 50 estabelecimentos comerciais, parar cumprir os decretos estadual e municipal que preveem o fechamento imediato dos locais de comércio e a não aglomeração de pessoas.

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 0800.65.3939. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes. Exemplos: a presença de foragidos da Justiça com mandado de prisão em aberto e ponto de venda de droga.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Nova Xavantina

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana