conecte-se conosco


Esportes

Sesi paulista demite mais 250 professores de esportes

Publicado


.

A assessoria de impresa do Sesi de São Paulo confirmou à Agência Brasil que a entidade demitiu metade do quadro de professores de esporte. O total de profissionais desligados em 53 cidades paulistas foi de 250.

Em nota, o Sesi-SP explicou a decisão à Agência Brasil e disse que “a crise do coronavírus tem castigado todos os setores da economia. O Sesi-SP tem feito todos os esforços para preservar seu quadro funcional. Entretanto, é impossível ignorar a queda de arrecadação causada pela desaceleração da economia, a redução compulsória de 50% da receita nesses meses e o nível de inadimplência, que é imprevisível. Além disso, estamos impossibilitados de manter funcionando as áreas esportivas e culturais. É um momento difícil para todos e até lá o Sesi-SP trabalhará com afinco para que o impacto seja o menor possível”.

Segundo a assessoria de imprensa da entidade,  os desligamentos foram em sua maioria de funcionários das academias e das aulas de ginástica e não só professores do esporte/modalidades. A assessoria também garantiu, mesmo sem informar o valor da bolsa, que cerca de 740 atletas das categorias de base/formação (idade limite de 21 anos) seguem recebendo uma ajuda de custo.

É importante destacar, que no departamento de esportes, o Sesi-SP fez os primeiros ajustes financeiros logo no início da pandemia da covid-19.  Após a decisão do encerramento antecipado da Superliga de Vôlei masculino 2019/2020, nenhum contrato da tradicional equipe paulista foi renovado, inclusive o técnico Rubinho. O único que permanece no clube é o atual líbero Murilo. O medalhista olímpico e campeão mundial pela seleção brasileira aceitou um contrato com uma remuneração reduzida até a volta das competições. 
Ainda segundo a assessoria, outras equipes de destaque como a de basquete masculino, sediada em Franca, e a de vôlei feminino, que atua em Bauru, não tem definição sobre cortes e terão os casos tratados individualmente por terem parcerias locais.

As fortes equipes de modalidades individuais de alto rendimento mantidas pelo Sesi não foram afetadas até o momento.  A entidade mantém fortes equipes de karatê, Wrestling, natação, judô, entre outras. O departamento paralímpico, que tem destaques com a equipe de goalball e de vôlei sentado, também segue sem alterações até o momento.

Edição: Narjara Carvalho

Comentários Facebook
publicidade

Esportes

Pandemia: Pan-Pacífico de natação é adiado de 2022 para 2026

Publicado


.

Os organizadores do Pan-Pacífico de natação anunciaram o adiamento das competições, que seriam disputadas no Canadá, inicialmente marcadas para o início do segundo semestre de 2022 para 2026. Os quatro países responsáveis pelo gerenciamento do evento, Austrália Candá, Estados Unidos e Japão, decidiram por unanimidade o adiamento.

A decisão foi tomada devido a alterações sofridas no calendário internacional, por causa da pandemia do novo coronavírus. Com as mudanças, dois eventos de grande porte estão confirmados para ocorrer próximo a este período do ano: os Jogos da Commonwealth, previstos para 27 de julho a 7 de agosto de 2022, em Birmingham, na Inglaterra; e o Campeonato Mundial de 2021, que ocorreria em maio, em Fukuoka, no Japão, mas também foi adiado.

De acordo com a nota divulgada no site da Swimming Canada, a federação de natação canadense, um terceiro campeonato traria grandes desafios.

“Estamos ansiosos para sediar este evento, mas, em geral, todos podem se beneficiar da decisão de adiar o Campeonato Pan Pacífico por quatro anos. Continuará sendo um evento de referência no futuro. Agora, estamos ansiosos para sediar um grande evento em 2026, acolhendo nossos colegas Austrália, Japão e Equipe EUA, bem como outros convidados de todo o mundo para uma celebração do nosso esporte da melhor forma possível”, disse a presidente da Swimming Canada.

Os quatro países responsáveis pelo gerenciamento do evento, Austrália Candá, EUA e Japão, decidiram por unanimidade a alteração da data. Por outro lado, o local das disputas permanecerá em solo canadense.

Outra competição afetada foi o Pan-Pacífico Júnior, que ocorrerá em 24 e 27 de agosto de 2022. A princípio aconteceria em 2020.

Edição: Denise Griesinger

Comentários Facebook
Continue lendo

Esportes

COI aprova novo calendário de classificação do Skate para Olimpíadas

Publicado


.

A federação internacional de skate World Skate anunciou a aprovação da mudança de calendário das competições esportivas pelo Conselho Executivo do Comitê Olímpico Internacional (COI), devido alteração dos Jogos Olímpicos de Tóquio de 2020 para 2021. De acordo com o novo cronograma, todos os eventos classificatórios para as Olimpíadas vão encerrar em 29 de junho do ano que vem, diferentemente da previsão inicial, que determinava o prazo até amanhã (31).

Em nota publicada em site oficial, a entidade explica que “todos os resultados já alcançados serão preservados e que as mudanças foram feitas apenas em relação à pandemia(novo coronavírus). Nenhuma alteração foi feita no sistema de classificação de eventos e nenhuma alteração no sistema de cotas.”

Ou seja, os dois melhores resultado obtidos na primeira janela, em 2019, serão mantidos. Restam ainda 4 eventos que serão levados em consideração. As pontuações conquistadas através de campeonatos nacionais de cada país serão atualizadas trimestralmente no Ranking Mundial de Skate. Já aquelas alcançadas via competições continentais sofrerão alteração no término delas.

Ao todo serão 20 skatistas de cada gênero disputando o ouro olímpico em Tóquio. O masculino e feminino utilizam o mesmo critério de classificação: uma vaga destinada ao país-sede, 16 pelo Ranking Mundial e três alcançadas via Campeonato Mundiais.

Edição: Denise Griesinger

Comentários Facebook
Continue lendo

Esportes

Após cancelamento de maratona, corredor propõe “desafio solidário”

Publicado


.

A pandemia da covid-19 forçou o adiamento da Maratona de Porto Alegre, que seria neste domingo (31), para novembro. Mas, pelo menos um corredor vai fazer questão de conquistar os 42.195 metros do percurso. É o professor de educação física Francisco Ferrari, de Guaíba (RS).

Para arrecadar alimentos que serão doados às comunidades mais carentes da cidade dele (localizada a aproximadamente 30 quilômetros de Porto Alegre), Ferrari vai correr em uma esteira a distância total da prova e na data original do evento – às 7h de domingo (31). “A Maratona é uma prova muito tradicional do nosso estado. Por isso achei mais legal manter o horário e a data. Mas vou correr os 42km na esteira. Tudo vai ser transmitido pelas redes sociais e a proposta é que as pessoas que estiverem me acompanhando, além de mandar aquela energia positiva, façam também doações no valor que puderem para entidades assistenciais da nossa região.”

Ferrari batizou o evento como Desafio Solidário 42 km na Esteira. “Claro que correr na esteira não é a mesma coisa que correr nas ruas. Não é o ideal para o corredor que está acostumado a locais abertos. Mas é tudo por uma boa causa.”

“É nesse momento de isolamento social, que muitas pessoas estão passando necessidades, ainda mais aqui na Região Sul do Brasil, com a chegada do Inverno, que toda ajuda é extremamente bem-vinda. As pessoas podem colaborar sem sair de casa. Os recursos arrecadados serão convertidos em alimentos, material de higiene e máscaras, que serão entregues a 22 entidades cadastradas que seguem fazendo o trabalho junto às comunidades mais carentes da região metropolitana de Porto Alegre”.

A live será transmitida na página do Instagram do personal trainer.

Interessados em realizar doações podem ser realizar depósitos na Conta do Banco de Alimentos de Guaíba:
CNPJ: 08195832/0001-12
Banco: 748 – Sicredi
Ag: 155 Conta: 97862-0
Tipo de conta: Simples

Edição: Pedro Ivo de Oliveira

Comentários Facebook
Continue lendo

Nova Xavantina

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana