conecte-se conosco


Agro News

STF isenta exportações indiretas de pagamento de Funrural

Publicado


Política Agrícola e Logística

STF isenta exportações indiretas de pagamento de Funrural

O julgamento realizado nesta quarta-feira (12.02)

12/02/2020

As exportações indiretas feitas pelo produtor rural ficarão isentas da cobrança de Funrural. Em decisão unanime, os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) julgaram procedente o Recurso Extraordinário (RE 759244) e considerou ser inconstitucional a cobrança do Funrural sobre vendas feitas por tradings. O julgamento realizado nesta quarta-feira (12.02), foi acompanhado por representantes da Associação Brasileira dos Produtores de Soja (Aprosoja Brasil), Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja) e Associação dos Produtores de Soja e Milho da Bahia (Aprosoja-BA).

Com a decisão, mais da metade do passivo ligado aos produtores de soja deve ser excluído. O mesmo poderia acontecer com cerca de 25% das dívidas atreladas a produtores de milho. Atualmente, a Receita Federal estima que a dívida global dessa contribuição previdenciária esteja em R$ 11 bilhões.

A Aprosoja Brasil, uma das partes do processo, já entrou com ação para que seja definida a forma de ressarcimento dos produtores rurais em vista da decisão do Supremo. O presidente da Aprosoja Brasil, Bartolomeu Braz Pereira comemorou o resultado. “Faz justiça aqueles que exportam de forma indireta, pois são a maioria dos agricultores brasileiros”.

O vice-presidente da Aprosoja Brasil e presidente da Aprosoja Mato Grosso, Antonio Galvan, agradeceu a confiança dos produtores que acreditaram no trabalho da entidade. “O Supremo Tribunal Federal reconheceu, que a exportação indireta, aquela que o pequeno e médio produtor não consegue fazer indiretamente, que é passível da desoneração do Funrural. Com certeza resolve em torno de 60% do passivo do Funrural. Deixo meus agradecimentos a todos que acreditaram na nossa luta”, disse.

Entenda – O processo protocolado pela empresa Bioenergia do Brasil corria no STF desde 2013, mas apenas no ano passado começou a ser julgado no plenário virtual.

Em outubro de 2019, o relator do processo, ministro Luiz Edson Fachin, e o ministro Alexandre de Moraes emitiram votos favoráveis ao recurso. No mesmo mês, o ministro Luiz Fux pediu que o recurso fosse retirado do julgamento virtual para ser levado à modalidade presencial.

Fonte: Ascom Aprosoja

Assessoria de Comunicação

Contatos: Telefone: 65 3644-4215 Email: [email protected]

Fonte: APROSOJA

Comentários Facebook
publicidade

Agro News

Produtores elogiam curso Soja Plus online; inscrições abertas para próxima turma

Publicado


.

Sustentabilidade

Produtores elogiam curso Soja Plus online; inscrições abertas para próxima turma

Aulas começam a partir de 03 de agosto

27/07/2020

Já estão abertas as inscrições para a segunda turma do curso de Qualidade de Vida no Trabalho do Programa Soja Plus, na modalidade de ensino à distância. Os cadastros podem ser feitos até dia 14 de agosto no site da Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja), na aba associado. E as aulas podem ser iniciadas a partir do dia 03 de agosto.

O treinamento é um dos pré-requisitos para os produtores rurais ingressarem no Programa Soja Plus, que faz um trabalho de melhoria contínua das propriedades rurais, em Mato Grosso. Numa parceria entre a Aprosoja e a FATEC SENAI MT (Faculdade de Tecnologia Senai MT) este ano, o curso está disponível na modalidade online. A primeira turma iniciou no dia 20 de julho, com 85 participantes.

Produtor Vinícius Filippin, do núcleo de Primavera do Leste também elogiou a nova modalidade do curso Soja Plus e destacou a comodidade e prazo para executar o treinamento. “Devido a pandemia esse curso online ficou muito prático. Dá pra gente acessar o portal e estudar sem nos atrapalhar na correria do dia a dia, na colheita e ficou bem interessante essa modalidade. Podemos acessar a noite, da fazenda, de casa e com um bom prazo. Excelente trabalho da Aprosoja que ofereceu essa comodidade para o produtor”, pontuou.

Produtor rural em Salto do Céu, João Flávio também é da primeira turma na modalidade de ensino à distância do Curso de Qualidade de Vida no Trabalho. Avaliou positivamente a plataforma e enfatizou a praticidade em fazer o curso da própria fazenda. “Estou muito satisfeito, estou fazendo o curso online, estou satisfeito com sistema. Muito fácil de fazer. Faço a prova e envio com muita facilidade e sem problemas”, disse.

“Minha experiencia com o curso está sendo das melhores. Essa modalidade à distância me permite fazer o treinamento em horários mais oportunos dentro da minha rotina. Por isso, quero parabenizar a Aprosoja por mais essa iniciativa em nos ofertar esse conhecimento nessas áreas que nos gera tantas dúvidas diariamente”, pontuou o produtor Anderson Barzotto, do município de São José do Rio Claro.

De acordo com regulamento do curso, podem participar produtores rurais, parentes de primeiro grau e representantes do produtor (funcionários).  O curso à distância terá 16 horas/aula divididas em quatro módulos que abordarão os seguintes assuntos: Introdução à base legal; Programas de Gestão na Propriedade Rural; Legislação Trabalhista e Previdenciária do trabalho Rural e Edificações Rurais (NR 31, NR 24 e NR 18).

Clique aqui e se inscreva!

 

Fonte: Ascom

Assessoria de Comunicação

Contatos: Telefone: 65 3644-4215 Email: [email protected]

Fonte: APROSOJA

Comentários Facebook
Continue lendo

Agro News

NOTA DE PESAR – Aprosoja lamenta morte de associados

Publicado


.

Fortalecimento Institucional

NOTA DE PESAR – Aprosoja lamenta morte de associados

Eram associados da Aprosoja pelos Núcleos de Sinop e Alto Taquari

27/07/2020

A Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja-MT) comunica e lamenta o falecimento do jovem produtor rural Marcos Henrique Primon, 24 anos, e de sua esposa vítimas de acidente automobilístico ocorrido neste fim de semana na BR 163, em Guarantã do Norte.

Marcos Henrique Primon era associado desde 2015, pertencia ao núcleo de Sinop – Município Agregado de Matupá. Foi Delegado Suplente de Matupá na gestão passada. Marcos era filho de produtores rurais pioneiros no município, a senhora Elaine e o senhor Darci Primon.

A entidade também lamenta o falecimento do produtor rural Fabio Mauri Garbugio, 48 anos, no último domingo (26) vítima de Covid 19. Fábio Mauri era prefeito de Alto Taquari (distante 483 km de Cuiabá), associado da Aprosoja desde 2008 e pertencia ao núcleo de Alto Taquari.

Em nota, a Prefeitura lamentou o falecimento e diz que “para a população de Alto Taquari, Fabio Garbugio deixa um legado de lutas pelo município enquanto vereador, vice-prefeito e prefeito. Fabio era um exemplo de gestor, sempre administrando a cidade com zelo pelos recursos públicos e pensando no bem comum de toda a população”.

A diretoria e todos os colaboradores da Aprosoja Mato Grosso se solidarizam com a dor dos familiares, amigos e dos que com eles conviveram nas esferas profissional e pessoal.

 

Fonte: Ascom Aprosoja

Assessoria de Comunicação

Contatos: Telefone: 65 3644-4215 Email: [email protected]

Fonte: APROSOJA

Comentários Facebook
Continue lendo

Agro News

Construção da ponte na BR-080 é um marco na implantação da rodovia, avalia Aprosoja

Publicado


.

Política Agrícola e Logística

Construção da ponte na BR-080 é um marco na implantação da rodovia, avalia Aprosoja

25/07/2020

O Movimento Pró-Logística da Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja), avalia as obras na ponte sobre o Rio Araguaia, na BR-080, que vai ligar os Estados de Mato Grosso e Goiás, como um marco na implantação da rodovia. A ordem de serviço para início dos trabalhos foi emitida na última sexta-feira (24.07), pelo ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, durante evento online.

“Essa BR-080 vai ligar Ribeirão Cascalheiras (MT) a Luiz Alves (GO) e dará acesso a Ferrovia Norte-sul. Essa assinatura é o start da implantação dessa rodovia, que os estudos já se encontram bastante avançados e o início dos trabalhos na construção dessa ponte nos dá a certeza, da implantação dessa importante BR para o desenvolvimento do Vale do Araguaia”, avaliou Edeon Vaz, diretor-executivo do Movimento Pró-Logística, mantido pela Aprosoja.

Presidente da Aprosoja Mato Grosso, Antonio Galvan, lembrou que a BR-080 tem sido uma das grandes lutas do Movimento Pró-Logística e que a rodovia será importante para o agro, no escoamento da safra. “Comprova que o trabalho do movimento Pró-Logística e da Aprosoja valeu a pena. O fato de liberar essa ponte automaticamente é liberar aquele trecho da BR-080 que liga Luiz Alves (GO) a Ribeirão Cascalheiras (MT). É um marco histórico.  Acreditamos que a BR-080 será mais uma alternativa e um grande corredor para escoar a produção de toda Região do Vale do Araguaia, no transporte de grãos”, pontuou o presidente.

Edeon explica que a implantação da BR-080 já tem licenciamento ambiental, projeto básico, dentre outras documentações prontas, mas faltam aprovação do estudo de componentes indígenas.  “Acreditamos que este ano conseguiremos essa aprovação por parte dos indígenas e seguiremos para licitação do restante da rodovia”, disse.

A BR-080 é uma das obras que viabilizadas pelo Movimento, que visa a melhoria da logística mato-grossense e já garantiu obras importantes para o Estado, como a conclusão da BR 163, por exemplo. “O Movimento Pró-Logística trabalha pra viabilizar diversas obras como a BR-242, BR-158. Conseguimos viabilizar a conclusão da BR-163 e temos trabalhado por diversas obras de melhorias para logística de Mato Grosso”, finalizou Vaz.

 

Fonte: Ascom

Assessoria de Comunicação

Contatos: Telefone: 65 3644-4215 Email: [email protected]

Fonte: APROSOJA

Comentários Facebook
Continue lendo

Nova Xavantina

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana