conecte-se conosco


Policial

Trezentos quilos de maconha são apreendidos pela Polícia Civil no Jardim Vitória, na Capital

Publicado


Raquel Teixeira/Polícia Civil-MT

Em torno de 300 quilos de maconha foram apreendidos na tarde desta quinta-feira (19.11) pela Delegacia Especializada de Entorpecentes (DRE) da Polícia Civil de Mato Grosso, em uma residência no bairro Jardim Vitória, em Cuiabá.

Os policiais civis da unidade especializada chegaram à localização do entorpecente após receber a informação da Delegacia de Diamantino de que havia uma casa em Cuiabá que servia de depósito para a droga.

A equipe de investigação da DRE realizou diligências no bairro e conseguiu chegar à residência onde foram localizados 350 tabletes do entorpecente, que devem pesar aproximadamente 300 quilos de maconha.

De acordo com o delegado Vitor Hugo Bruzulato Teixeira, o entorpecente passará por perícia da Politec. As investigações terão continuidade para identificar e prender o responsável pela substância ilícita e os envolvidos com a droga apreendida.

Droga em carga de milho

Esta é a segunda grande apreensão de entorpecentes em uma semana realizada na região metropolitana de Cuiabá, totalizando junto com a droga localizada nesta quinta-feira, mais de uma tonelada entre maconha e cloridrato de cocaína.

No dia 12 de novembro, a equipe da DRE aprendeu em um caminhão bitrem 450 tabletes de cocaína escondidos em uma carga de milho. O veículo foi abordado pelos policiais civis na Rodovia dos Imigrantes, próximo à entrada do bairro São Matheus, em Várzea Grande. Em checagem a uma denúncia recebida, os policiais abordaram o motorista e depois de busca no veículo encontraram os fardos da droga escondidos em meio à carga do grão.

 
15 fardos de cloridrato de cocaína estavam escondidos em carga de milho que saiu de Nova Mutum

O suspeito apresentou informações desencontradas sobre a carga transportada e disse que o milho, embarcado em Nova Mutum seria descarregado em Cuiabá. Contudo, a nota fiscal do carregamento de grãos apontava como destino final um armazém no município de Mogi Guaçu (SP).

 

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
publicidade

Policial

Homem é preso em flagrante após ameaçar e agredir a companheira

Publicado


Assessoria/Polícia Civil-MT

Policiais civis de Vila Bela da Santíssima Trindade (521 km a oeste de Cuiabá) prenderam em flagrante um homem suspeito de lesão corporal no âmbito doméstico e ameaça.

Conforme a ocorrência, o suspeito teria chegado em casa embriagado, depois de uma caçada. Ele discutiu com a companheira por motivos fúteis e começou a agredi-la com socos e chutes, derrubando-a ao chão.

A vítima conseguiu escapar e se escondeu em uma área de mata, próxima da residência.

O suspeito saiu à procura da mulher empregando cães que ele utiliza para caçar. Ao amanhecer, a vítima procurou a Delegacia de Polícia e relatou os fatos.

As equipes realizaram diligências e conseguiram localizar o suspeito, que foi encaminhado à delegacia de Vila Bela.

A mulher foi ouvida pelo delegado João Paulo Berté, que deu sequência ao pedido de medidas protetivas, e depois enviada a uma unidade médica. 

O suspeito foi preso e autuado em flagrante e, diante da gravidade dos fatos, o delegado encaminhará à Justiça a representação pela prisão preventiva.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Polícia Civil cumpre mandado de prisão contra autor de homicídio

Publicado


Assessoria | Polícia Civil-MT

Mais um foragido da Justiça foi preso pela Polícia Civil de Rondonópolis (212 km ao sul de Cuiabá), na manhã de sexta-feira (27.11), durante trabalho da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) do município.

O suspeito de 53 anos estava com a ordem de prisão decretada pela Justiça, pelo crime de homicídio. Ele foi preso pelos policiais civis em uma residência na região central da cidade.

Após cumprimento do mandado judicial o homem foi conduzido para as providências cabíveis, e posteriormente encaminhado para uma unidade prisional de Rondonópolis, onde permanecerá à disposição da Justiça.

 

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Polícia Civil cumpre prisão de condenado por roubo com várias passagens

Publicado


Assessoria | Polícia Civil-MT

Um homem condenado por crime de roubo e considerado foragido da Justiça foi preso pela Polícia Civil de Mato Grosso, na quinta-feira (26.11) em Cuiabá. A prisão foi realizada pela Gerência Estadual de Polinter e Capturas (Gepol) após denúncia anônima.

O suspeito, que possui de extensa ficha criminal, estava com a ordem de prisão decretada pela 2ª Vara Criminal da Capital, por condenação a mais de cinco anos e quatro meses de reclusão pelo crime de roubo qualificado.

As diligências iniciaram logo depois denúncia sobre um homem com vários antecedentes criminais, o qual estava em uma loja de materiais de construção no bairro CPA II, região da Grande Morada da Serra, tentado fazer uma transação comercial.

De posse das informações, os investigadores da Polinter foram até o estabelecimento comercial para apurar os fatos. No entanto, ao perceber a aproximação da viatura o rapaz rapidamente tentou empreender fuga, mas foi detido no cerco policial.

Em seguida, o suspeito foi encaminhado à Polinter para esclarecimentos. Durante checagem foi constatado em caráter definitivo o mandado de prisão, mediante processo executivo de pena, sentenciado e condenado pela Justiça a cinco anos e quatro meses de reclusão, pela prática de crime de roubo qualificado.

Outros fatos sobre o suspeito

Conforme apurado, a atitude do suspeito de tentar fugir e resistir a prisão não foi praticada pela primeira vez. No ano de 2017, no bairro Serra Dourada, durante atendimento de uma ocorrência de furto, ao ser preso em flagrante, o suspeito entrou em luta corporal com os policiais militares. Somente após o uso moderado da força, emprego de spray de pimenta e técnicas de imobilização, ele foi contido e levado para Central de Flagrantes de Cuiabá.

O suspeito também responde por furto qualificado cometidos de forma reiterada, roubo de veículos, dano qualificado, resistência a prisão, desobediência a decisão judicial, além de outros crimes contra o patrimônio ocorridos no município de Nova Ubiratã (502 km ao norte da Capital).

Após tomadas as providências em cumprimento do mandado judicial, o suspeito foi encaminhado para uma unidade prisional, onde permanecerá à disposição da Justiça.

 

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Nova Xavantina

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana