conecte-se conosco


Mato Grosso

Visita técnica mostra potencialidade produtiva do trigo irrigado em Mato Grosso

Publicado

No município de Pedra Preta (238 km ao Sul de Cuiabá), na Fazenda Bom Jesus, foi realizada na sexta-feira (13.09) uma visita técnica na Unidade Demonstrativa (UD) sobre a cultura do trigo irrigado. O coordenador da Câmara Técnica do Trigo (CTT) e pesquisador da Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural (Empaer), Hortêncio Paro, esclarece que seis materiais genéticos de trigo foram apresentados com potencial produtivo para Mato Grosso e com estimativa de produção acima de 70 sacas por hectare.

O evento foi direcionado a estudantes de agronomia, empresários, pesquisadores, produtores rurais, profissionais de assistência técnica e extensão rural e outros. Paro esclarece que o trabalho de validação de tecnologia que testa o sistema de produção está utilizando as variedades para trigo irrigado CD 151, CD 1252, CD 1104, Sintonia, BRS 404 e Toruk.

“A UD foi implantada numa área de 1.500 metros quadrados com variedades que demonstram a potencialidade do trigo irrigado na região de Rondonópolis”, enfatiza.

Conforme Paro, o trabalho de pesquisa tem comprovado a viabilidade técnica do cultivo do cereal em Mato Grosso e a qualidade do trigo colhido, que pode atingir de 40 a 50% de força de glúten. Esse teor de glúten é considerado adequado comercialmente, visto que o percentual mínimo é de 25%. Ele explica que os valores de percentual de glúten são cruciais para fabricação de produtos diferenciados, como pão, massas e farinhas. O que falta hoje, segundo Paro, é a garantia de que a produção tenha um destino certo e um preço mínimo para o produtor rural.

Durante a visita o pesquisador enfatizou que o potencial da área de produção no Estado chega a mais de 100 mil hectares. E uma área com 30 mil hectares de trigo seria ideal para atender à futura demanda do moinho de trigo que será instalado no distrito industrial em Cuiabá. O moinho terá capacidade para processar diariamente até 120 toneladas de trigo. A previsão da indústria é entrar em produção até o ano de 2021.

“O Estado de Mato Grosso consome 140 mil toneladas de farinha por ano e cada habitante consome em média 42 quilos de farinha/ano”, explica.

Este projeto é desenvolvido em parceria com a CTT, ligada à Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Estado (Sedec), Associação dos Produtores de Soja e Milho do Estado de Mato Grosso (Aprosoja), Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) e Grupo Bom Jesus.

O trabalho de pesquisa com a cultura do trigo irrigado vem sendo executado também nos municípios de Campo Novo do Parecis, Sorriso, Santa Rita do Trivelato e Primavera do Leste. Neste último, uma propriedade colheu 77 sacas de trigo irrigado por hectare, considerado economicamente viável.

Comentários Facebook
publicidade

Mato Grosso

Entidades filantrópicas são atendidas pela campanha “Vem Ser Mais Solidário”

Publicado


.

As entidades filantrópicas Casa Caminho Redentor e Associação dos Pequenos Produtores Rurais do Assentamento Conquista com Pessoas Deficientes e Família (APRACDF) receberam, na manhã desta terça-feira (02.06), doações da campanha “Vem Ser Mais Solidário – MT unido contra o coronavírus”. A ação, liderada voluntariamente pela primeira-dama do Estado, Virginia Mendes, e realizada pela Secretaria de Estado de Assistência Social e Cidadania (Setasc-MT), permitiu a entrega de mais de 70 cestas básicas contendo alimentos não perecíveis e materiais de limpeza e higiene. 

A secretária adjunta de Cidadania da Setasc, Rosineide Porcionato, que representou a primeira-dama e a secretária da Setasc, Rosamaria Carvalho, enfatizou que a iniciativa busca atender todas as famílias em vulnerabilidade social, principalmente o que estão no grupo de risco, como as pessoas com algum tipo de deficiência e os idosos.

Fundada em janeiro de 1986, a Casa Caminho Redentor é uma organização sem fins lucrativos que acolhe crianças, jovens e idosos carentes em estado de vulnerabilidade social, portadoras de lesões cerebral e/ou física, encaminhados pelo poder Judiciário, sem discriminar gênero, idade, raça ou religião.

Conforme a cuidadora Iracema de Fátima, atualmente a entidade assiste 28 pacientes e se mantém por meio de parcerias com o empresariado e instituições da sociedade civil. “Este trabalho desenvolvido pela primeira-dama Virginia Mendes é muito importante, porque a casa é mantida por meio de doações e graças a Deus conseguimos esse apoio. Contamos também sempre com auxílio de amigos, que se preocupam e nos procuram para ajudar. Agradeço a todos pelo benefício”, externou.

As 35 famílias assistidas pela Associação dos Pequenos Produtores Rurais do Assentamento Conquista com Pessoas Deficientes e Família (APRACDF) também receberam os mantimentos e materiais de limpeza da campanha “Vem Ser Mais Solidário”.

A APRACDF é uma entidade sem fins lucrativos de caráter filantrópico e assistencial e tem como finalidade atender famílias de pequenos produtores rurais, que possuem pessoas com deficiência. O local é destinado exclusivamente a famílias de pessoas com deficiência e localiza-se nos fundos do bairro Altos da Glória, em Cuiabá.

Para a família da Ariadne Costa da Conceição, que mora há mais de dez anos no assentamento e é assistida pela entidade, o alimento chegou em boa hora. Segundo ela, atualmente desempregada e com cinco filhos sem estudar devido a pandemia, a situação piorou. 

“A única renda nossa vem do Bolsa Família. Tenho luz, água, para pagar, e com as crianças em casa, muitas vezes chega no final do mês, a situação aperta. Ficamos felizes, esses alimentos vão ajudar muito por esses dias”, disse.

Situação que também não é diferente na casa de Josicler Nunes da Silva. Com o isolamento social, ficou desempregada.  “Hoje vivemos numa situação complicada. Estou desempregada e com os filhos sem estudar dentro de casa a despesa aumenta. O alimento é muito gratificante é uma mão na roda”, disse.

A presidente da Associação, Simone de Sá, enfatizou o momento de crise e agradeceu pelas doações. “Estamos em um momento de crise. Entre as famílias atendidas, temos muitos idosos e crianças, que se enquadram também no grupo de risco. Quero agradecer de coração a todos os envolvidos, a nossa primeira-dama Virgínia Mendes e a secretária Rosamaria por esse alimento e os materiais enviados a eles”, completou.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Procon-MT suspende atividades temporariamente

Publicado


.

O atendimento presencial do Procon Estadual estará suspenso temporariamente a partir desta quarta-feira (03.06). Uma servidora do órgão testou positivo para o Covid-19 e os demais funcionários foram dispensados de suas atividades na sede e direcionados para o teletrabalho. A medida é preventiva e visa garantir a segurança dos servidores e usuários neste momento de controle da pandemia.

A unidade, localizada em Cuiabá, passou por higienização de rotina na semana passada e tem seguido o protocolo exigido pela Organização Mundial de Saúde (OMS). Também disponibilizou álcool em gel para o público em geral e máscaras de proteção aos servidores, respeitando ainda distanciamento entre pessoas. Os servidores que apresentarem sintomas passarão pelo teste do Covid.  

Os consumidores podem ter acesso aos serviços do Procon pelas plataformas virtuais. Orientação e denúncias podem ser feitas, via Ouvidoria, no site do órgão (www.procon.mt.gov.br).  As reclamações podem ser registradas pelo site www.consumidor.gov.br.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Administração Penitenciária cumpre TAC e fecha três cadeias no interior

Publicado


.

Em cumprimento ao Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) assinado no dia 13 de maio entre o Governo do Estado, Ministério Público e Poder Judiciário, por meio da Presidência do Tribunal de Justiça e do Grupo de Monitoramento e Fiscalização do Sistema Penitenciário (GMF), a Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp) começou a cumprir a sua parte e fechou a Cadeia Pública de Poconé nesta terça-feira (02.06) e as unidades penais de Dom Aquino e de Alto Garças na sexta-feira (29.05).

No TAC, um dos pontos previstos está a desativação de pequenas unidades prisionais, transferindo os presos e agentes para unidades maiores, onde haja vagas e necessidade de segurança.

Os servidores de Alto Garças serão removidos, a interesse da Administração Pública, para Alto Araguaia e Rondonópolis. Já os servidores de Dom Aquino vão atuar na nova Penitenciária de Jovens e Adultos, em Várzea Grande, que será inaugurada dia 30 de junho. Os servidores de Poconé também serão removidos para nova unidade de Várzea Grande.

Os 38 presos de Alto Garças e 25 de Dom Aquino foram encaminhados para Rondonópolis e os cerca de 50 de Poconé para Cáceres, Cuiabá e Várzea Grande.

Nos próximos três anos, por meio do Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) para modernização do Sistema Penitenciário de Mato Grosso estão previstas a criação de quase 4 mil novas vagas, além da reforma nas unidades existentes. As 4 maiores unidades – Penitenciária Central do Estado (Cuiabá), Mata Grande, Ferrugem (Sinop) e Água Boa – devem ganhar novos raios com 430 vagas. Além disso, um raio de segurança máxima na PCE com 50 celas individuais.

O Ministério Público Estadual já destinou R$ 15 milhões de recursos de TACs para que a Sesp dê início, já autorizado e justificado com dispensa de licitação, para a obra do raio 6 na PCE.

Os recursos para a execução do TAC para melhorias, reformas e ampliação serão com recursos oriundos do orçamento, valores que o Poder Executivo reaver por meio de acordos de leniência. Já o Ministério Público e o Poder Judiciário se comprometeram, tanto quanto possível, a priorizar recursos provenientes de delações premiadas, TAC’s, multas e prestações pecuniárias, confisco ou alienação de bens considerados perdidos.

O TAC foi assinado ainda com a anuência do Tribunal de Contas do Estado (TCE), Ministério Público de Contas e foi dado conhecimento para a Defensoria Pública de Mato Grosso e Ordem dos Advogados do Brasil seccional de Mato Grosso (OAB/MT).

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Nova Xavantina

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana