conecte-se conosco


Política Nacional

“Vivem encostadinhos”, diz Olavo sobre militares brasileiros

Publicado


source
homem sério arrow-options
Reprodução/Youtube

Olavo de Carvalho

O escritor Olavo de Carvalho disse que não vê problema no fato de, com a indicação do general Braga Netto para a Casa Civil, haver mais um ministro militar no governo Bolsonaro. Inclusive, acha bom, já que militares ficam “encostadinhos no canto deles” no Brasil.

“Se você pega um cara do Exército e põe num cargo qualquer, ele não está exercendo uma função militar. Aqui nos Estados Unidos, todos os presidentes e todos os ministros têm carreira militar (exceto Clinton e Obama)”, afirmou.

Leia também: Os esquecidos do coronavírus: estudantes são abandonados em faculdades de Wuhan

“Eu fico feliz com a participação do Exército na vida política e social porque o Exército brasileiro, ao contrário do americano, não tem presença na sociedade. Eles vivem encostadinhos no canto deles e viram pessoas tímidas. Agora os militares estão presentes, estão participando da vida social. Acho ótimo, tem que colocar mais militar, encher de militar”, acrescentou o guru.

Comentários Facebook
publicidade

Política Nacional

Padrinho de casamento de Carla Zambelli, Moro elogia deputada: “guerreira”

Publicado


source
homem sorrindo e mulher vestida de noiva atrás dele arrow-options
Twitter/Reprodução

Moro falou no casamento de Carla Zambelli

A deputada federal Carla Zambelli (PSL) utilizou as redes sociais na madrugada deste sábado (15) para agradecer ao ministro Sergio Moro pelo discurso proferido como padrinho do casamento dela, realizado em Brasília na noite da sexta-feira (14).

Nas imagens com cortes, em pouco mais de um minuto Moro elogia a deputada Zambelli , que firmou relação com o Coronel Aguiar. Ele fala que poucas pessoas teriam a coragem de lutar pelo Brasil nas ruas como ela fez e diz que nem mesmo ele sabe se faria isso. “É uma guerreira, sem formação de policial militar, mas mereceria uma medalha de caveira honorária”, afirmou Moro.

Leia também: Com voto da oposição, Conselho de Ética arquiva denúncia contra Carla Zambelli

Visivelmente emocionada, a deputada ri e abraça o padrinho de casamento. Em poucas horas, o vídeo alcançou mais de 50 mil visualizações no Twitter, dividindo opiniões com críticas e elogios a Sergio Moro.

Segundo a jornalista Monica Bergamo, da Folha de S.Paulo , outros nomes do governo marcaram presença no casamento de Zambelli . Entre eles, a secretária da Cultura Regina Duarte e o ministro da Educação, Abraham Weintraub.

Comentários Facebook
Continue lendo

Política Nacional

Cedae recusa dar desconto na água e caso pode parar na Justiça

Publicado


source
Fachada da sede da Cedae arrow-options
Cedae / Reprodução

Cedae vetou redução no valor da conta de água

Acabou sem acordo a reunião realizada nesta sexta-feira (14), no Palácio Guanabara , que tinha o objetivo de definir o desconto que os consumidores do Rio poderão ter na conta da Cedae por causa da crise da água. Um novo encontro foi marcado para segunda-feira para dar continuidade às tratativas. Segundo a defensora pública Patrícia Cardoso Maciel Tavares, a questão pode parar na Justiça caso as partes não cheguem a uma proposta que seja boa para todos.

Participaram do encontro representantes da Defensoria Pública estadual, do Ministério Público e do governo do estado. A reunião não foi aberta à imprensa.

A expectativa era a de que um Termo de Ajustamento de Conduta fosse assinado, para que, a partir do próximo mês, as contas de água venham com descontos referentes ao mês de janeiro, em que a cobrança aos consumidores foi normal, mesmo com o fornecimento de água de má qualidade. A proposta, no entanto, foi rejeitada pela Cedae.

Leia também: Presidente da Cedae não responde a perguntas em audiência e revolta deputados

O presidente da companhia, Renato Espírito Santo, entregou em mãos para o governador Wilson Witzel um relatório com críticas ao acordo elaborado pela Defensoria. Os termos da proposta não são de conhecimento público, estão sendo mantido em sigilo desde o início das negociações. O governador repassou as críticas à defensora, além de um pedido da Cedae para estender em mais 15 dias o prazo de negociação.

Coordenadora do Núcleo de Defesa do Consumidor (Nudecon), Patrícia Cardoso afirma que a companhia não concordou com a metodologia apresentada.

Leia também: Festa durante crise da água no Rio motivou a demissão de presidente da Cedae

“A cedae não reconhece que teve vício na prestação de serviço. A cedae entende que a metodologia que nós utilizamos para chegar ao percentual de desconto sugerido não é a melhor metodologia. Então, para que a gente possa chegar a um acordo que seja bom para ambas as partes, porque nós estamos aqui na defesa de milhões de consumidores que mercem uma reparação pelo dano sofrido, a gente tem que avançar um pouco mais. Se na segunda-feira não houver uma resposta razoável da presidência da Cedae, se não tiver algum avanço, aí infelizmente teremos que ajuizar a ação”, afirmou, em entrevista ao RJTV 2ª edição .

Na última terça, em audiência pública na Alerj sobre a crise hídrica, a mesma defensora havia explicado que o objetivo era travar o acordo sem precisar judicializar a questão.

“Inicialmente não entramos com ação, até porque já havia uma do MPRJ para exigir a qualidade da água. Mas, estudamos o caso, e propomos acordo para que a população receba indenização”, explicou a defensora, na ocasião.

Em nota, o Governo do Estado afirmou que vai voltar a se reunir com a Defensoria Pública e a Cedae na segunda, para “encontrar uma solução para reduzir os prejuízos do consumidor fluminense”.

Comentários Facebook
Continue lendo

Política Nacional

Em dia de pesquisa positiva, Bolsonaro diz que “reeleição é algo natural”

Publicado


source
Presidente Jair Bolsonaro arrow-options
Jorge William / Agência O Globo

Jair Bolsonaro falou que não pensa em reeleição

O presidente Jair Bolsonaro disse nesta sexta-feira (14) que a ” reeleição é algo natural” para quem já está no poder. A declaração foi dada durante sua participação em inauguração da pavimentação de um trecho da BR-163, entre Mato Grosso e os portos de Mirituba, no Pará.

“Governar é eleger prioridades e não deixar obras paradas nem inventar obras para aparecer e se reeleger lá na frente. Eu não estou preocupado com a reeleição. Reeleição é algo natural, se você trabalhar ela vem”, disse o presidente.

Essa não é primeira que Bolsonaro toca no assunto de reeleição. Em julho do ano passado, o presidente afirmou que iria entregar um Brasil melhor para quem fosse sucedê-lo em 2026. Pelo ano citado, ele sugeriu que seria eleito para um segundo mandato.

Segundo uma pesquisa divulgada nesta quinta-feira (13) pela Veja/FSB, Bolsonaro ampliou a vantagem sobre os principais adversários no primeiro turno e agora soma 37% das intenções de voto .

Em um primeiro cenário, com Fernando Haddad como o candidato do PT, os números mostram que Bolsonaro , no comparativo com o levantamento anterior, cresceu 4%, enquanto seus maiores perseguidores permaneceram estagnados: o petista desceu de 15% para 13%, enquanto Luciano Huck (sem partido), com 12%, e Ciro Gomes (PDT) somando 11%, mantiveram os mesmos patamares. Além destes, a opção ‘nenhum’ também foi bastante votada e somou 16%.

Leia também: Bolsonaro nomeia mais um militar para o alto escalão do Planalto

Em um segundo cenário, já com o ex-presidente Lula como o nome escolhido pelo PT , a vantagem de Bolsonaro diminui, mas o mantém na liderança: ele soma 31% contra 28% do petista, o que configura um empate técnico na margem de erro. Em um hipotético segundo turno entre eles, o atual presidente também venceria, com 45% dos votos contra 41% do rival.

Comentários Facebook
Continue lendo

Nova Xavantina

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana